quarta-feira, 31 de março de 2010

VAMPIRO DO AMOR!

Sufoquei, não deixei você sair sem mim
Vigiei só para garantir,
Infernizei, controlei cada segundo
Liguei só pra verificar
Te cerquei, coloquei escuta,
grampeei o telefone Afastei amigos
Ameacei violência apaguei o seu passado
Odiei não estar lá
Mas amei você...amei você
Mas amei você...yeah, yeah
Mas amei você...amei você
Mas amei você...
pode agradecer
Quebrei presentes sabe-se lá de quem
Rasguei fotos sei muito bem de quem
Queimei cartas que não escrevi, não
Não deixei, proibi, não permiti
Roupas, gestos, sorrisos que não consenti
Evitei que seu brilho ofuscasse o meu
Mas amei você...amei você
Mas amei você...yeah, yeah
Mas amei você...amei você
Mas amei você...
pode agradecer
Chantageei e até chorei
Pena e medo sempre boas coleiras
Enrolei, explorei e até chifreiPequenas besteiras...
Te marquei feito um gado, fui seu dono
E tranquei, castiguei, vampirizei
Fiquei puto por não conseguir controlar o seu pensamento
Mas amei você...amei você
Mas amei você...
yeah, yeah
Mas amei você..
.amei vocêMas amei você...
pode agradecer
ISSIS ANTUNES

terça-feira, 30 de março de 2010

VAMPIROS NO SOM DA MÚSICA!


No post de hoje eu vou falar sobre os "Vampiros no mundo da música"
. Não se trata de músicos vampiros (eu acho),e sim sobre músicas e bandas relacionadas com esse tema.
Todas (ou quase todas) as bandas relacionadas,tem uma tragetória muito boa,quem quiser pegar o nome de uma delas,e pesquisar eu garanto que vai achar interessante.
No Wikipedia tem alguma delas.
No Heavy Metal e no rock n roll em geral,os vampiros são seres muito valorizados.
Algumas bandas escrevem sobre os vampiros literarios,ou seja,aqueles romanticos,bonzinhos,que tem um visual dark (esses do cinema e dos livros).
Porém,há aquelas bandas que realmente exploram o vampirismo em suas letras,no visual e no tema geral da banda.
O interessante é que tem grupos sertanejos e mpb em geral,que também cantam sobre vampiros.
Vou colocar aqui algumas bandas que exploram mais afundo esses seres imortais.
As que eu colocar um " * " são as que eu ouço e indico.† Bandas aprofundadas no tema "Vampiros" †
* Cradle of Filth - Gothic/Symphonic/Black Metal- Inglaterra
* Type O Negative - Doom/Gothic Metal - EUA
The BloodyCult - Gothic/Doom Metal -
* Theatre des Vampires - Gothic/Black Metal - Itália
* Mandragora Scream - Gothic/Dark Metal - Itália-( Imagine a Bjork cantando em clima obscuro )
* Vampiria - Gothic/Doom/Dark Metal - Argentina
Lestat's Band - Gothic/Rock - EUA
Agathodaimon - Black/Symphonic Metal - Alemanha
Siebenburgen - Dark/Symphonic/Black Metal - Suécia
Twin Obscenity - Dark/Black/Viking Metal - Noruega
Notre Dame - Gothic/Horror Metal - Suécia
Vorphalack - Black Metal - Grécia
Vampire Hall - Black Metal - Grécia
* Mercyful Fate - Black Metal (Occult Tems) - Dinamarca
Jangli Jaggas - Black/Fantasy Metal - Paquistão
* Moonblood - Epic Black Metal - Alemanha
Vampire - Death/Thrash Metal - Alemanha
Voiceless Void - Gothic/Doom Metal - Rússia
Lamia Antitheus - Symphonic/Extreme Metal - Suécia
...† Músicas sobre vampiros †
Misfits - Vampira
HIM - The Vampire
HIM - Vampire Heart
Ryan Adams - Vampire
My Chemical Romance - Vampires Will Never Hurt You
Paul Simon - The Vampires
Arctic Monkeys - Perhaps Vampires Is A Bit Strong But...
14 Bis - Secret vampiresBrasileiros:
Ana Carolina - Vampiro
Caetano Veloso - Vampiro
Velhas Virgens - Vampiro
Língua de Trapo - Vampiro S. A.
Os Impossíveis - Vampiro Doidão
Velhas Virgens - Vampiro Doidão
Gaia na Gandaia - Reggae do Vampiro
Chicabana - Dança do Vampiro
Leandro & Leonardo - Amor Vampiro
Rogério Skylab - Vampiro Mordido
Axé Bahia - Daça Do Vampiro
Edson Gomes - Sistema do Vampiro
Nenhum De Nós - Canção da Meia-Noite
Rita Lee: Com a musica venha me beijar
Jorge Mautner - Vampiro
Legião Urbana - Teatro Dos Vampiros

ALERTA!


Alerta: Cuidado com o que deseja...

Resistir ao sangue/energia é algo muito complicado, confesso.
Porém, controlar-se é fundamental, característica de todo nobre vampiro.
Nunca levantei suspeitas sobre minha natureza, mas, um dia, navegando por sites desse assunto, observei várias mensagens de uma pessoa que disponibilizava doar sua energia. Bom, até aí, tudo bem.
Porém, em todos os sites referentes, lá estava uma mensagem dessa mesma pessoa. Resolvi entrar em contacto e comecei a corresponder-me com ele.
Indaguei-o pelo motivo de suas mensagens e fiz-me passar como uma estudiosa de vampiros.
Ele, de prontidão, respondeu-me que por gostar demais desse assunto, estava apto e decidido a doar sua energia e, quem sabe, sua vida por um.
Passamos um bom tempo nos correspondendo e sempre o avaliava a cada dia, sem levantar suspeitas e, disfarçadamente, perguntava se era realmente isso que ele queria...desejava...conhecer um..ser o "alimento" de um.
Numa noite, resolvi visitá-lo em seus sonhos e, claro, não poderia deixar de drenar sua energia. E, a cada dia que passava, eu o drenava um pouquinho...até que numa noite, resolvi ir mais fundo.
Imobilizei-o e o drenei de um tanto que ele acordou tão desvitalizado que mal conseguia se levantar..e, creia-me, após esse dia, ele implorou-me para poupar-lhe a vida. Portanto, vos digo, cuidado com suas curiosidades e desejos..eles podem vir a ser sanados...

Por: Mortícia

Vampiros - 30 Dias de Noite

segunda-feira, 29 de março de 2010

A MASCARA!


O mundo de Vampiro: A Máscara não é o nosso, embora esteja próximo o suficiente para causar um espantoso desconforto.
Na verdade, o mundo habitado pêlos vampiros é semelhante ao nosso, porém visto através de uma lente escura.
Neste mundo, a maldade é palpável e onipresente, as noites finais estão sobre nós, e todo o planeta oscila numa situação crítica de tensão.
Este é o Mundo das Trevas. Superficialmente, o Mundo das Trevas é parecido com o mundo "real" que habitamos.
Os mesmos artistas fazem sucesso, a violência também campeia nas grandes cidades, a fraude e a corrupção assolam os mesmos governos e a sociedade modela sua cultura pelas mesmas cidades.
O Mundo das Trevas também tem uma Estátua da Liberdade, uma Torre Eiffel e um Cristo Redentor.
No entanto, as correntes ocultas do horror estão mais aparentes do que em nosso mundo — todas as calamidades do nosso mundo são mais pronunciadas no Mundo das Trevas. Nossos medos são mais reais.
Nossos governos são mais depravados.
Nosso ecossisterna morre um pouco a cada noite que passa.
E os vampiros existem. Muitas das diferenças entre o nosso mundo e o Mundo das Trevas se devem à existência dos vampiros.
Ancestrais e imperscrutáveis, os Membros brincam com a humanidade como um gato faz com o rato.
Os Membros manipulam a sociedade para afastar o tédio que os ameaça a cada noite, e para proteger-se contra os seus rivais centenários.
A imortalidade é uma maldição para os vampiros, pois eles estão aprisionados em existências estagnadas, assim como em corpos mortos.
TEXTO DO BOG: FORUM DOS VAMPIROS.

Sobrevivência
Todas as noites vou a caça... Não perdôo nada... Nem o novo... Nem o velho. Eu os encanto, Os seduzo... Ofereço-lhes prazer em troca de sua energia... Eles nada sabem... Porem se rendem... Sejam eles os mais frios ou quentes, Os mais amados ou mais carentes... Estou ali... Observando... Pronta pra tirar deles minha sobrevivência. Eles tão fortes e tão fracos... Tão espertos e tão ingênuos... Por cada um que passo deixo minha marca. Levando comigo um pouco de suas vidas. Essa é a vida de uma predadora...
Por: Bruxa Vampira

domingo, 28 de março de 2010

VIDA!


Durante os dias, uma vida comum...
Longe de qualquer suspeita, como todos os seres...
Durante as noites, uma vida secreta, solitária...
Vagando sob o luar, entre ruas e becos...
Em busca de alimentos, no anonimato...
Porém sempre alerta em busca de uma presa fácil.
Assim são os donos da noite.
Encantadores e perigosos...
Sedutores e impiedosos...
Enquanto todos dormem, ali estão eles...
Vigiando e velando o sono de suas vítimas.
Adentrando seus sonhos mais íntimos...
Os mais secretos e mais quentes...
Assim são os donos da Noite.

Por: Bruxa Vampira

VAMPIROS PSIQUICOS!!

Vampiro Psíquico,é um fato praticamente comprovado na ciência e no ocultismo!No ocultismo,os ocultistas (muitos deles) valorizam mais a existência do Psi-vamp do que o vampiro dito tradicional.Alguns ocultistas,que acreditam cegamente nos "psy-vamps",acham meios de relacionar escritos famosos com sua existência,como na bíblia,e em outros documentos!Por: Canis LupusUm vampiro psíquico, energético ou prânico, ou psyvamp para abreviar, é definido como uma pessoa que tem a habilidade inata para tirar da energia de vida de outros. Explicações relativas aos fatos que geralmente cercam vampirismo psíquico variam de um extremo para o outro. Não há um conjunto de "qualidades" que declaram se uma pessoa é ou não um psyvamp, embora a maioria de psyvamps tenda a ter um conjunto de qualidades em comum. Entre elas (mas não necessariamente apenas essas):Um recém-nascido, herdou, a habilidade adquirida para tirar energia de outros seres humanos. Esta drenagem de energia pode acontecer por contato físico, contato mental, contato sexual, etc.Alguns psyvamps também retêm a habilidade para tirar energia de coisas, inclusive animais e vários elementos de natureza. Outras habilidades incluem:* Empatia, ou a habilidade para sentir ou "ler" os sentimentos e emoções de outros.* A habilidade para perceber a aura humana.* A habilidade para manipular energia de vida conscientemente. Esta habilidade às vezes pode ser empregada em várias técnicas curativas.* A habilidade para bloquear ou impedir outros psyvamps de drenar sua energia pessoal.* Uma preferência pela existência noturna, às vezes envolvendo uma aversão ou reação para luz solar.* Uma atração para sangue.A lista acima é só um começo. Nem todos os psyvamps possuem todas as características listadas, da mesma maneira que alguns psyvamps podem possuir características além desses acima. Muitos psyvamps possuem outras habilidades psíquicas também.Quase todos já entraram em contato com um psyvamp genuíno na vida. Um encontro com um psyvamp pode deixar uma pessoa sentir mal ou cansada. Este fadiga pode acontecer fisicamente, mentalmente ou emocionalmente. Isto significa que todos os psyvamps são maus e roubam energia de vida preciosa daqueles ao redor deles? Definitivamente, não.Um psyvamp pode absorver energia, às vezes sem perceber. Alguns psyvamps nem mesmo conhecem sua própria natureza. Como é isto possível? Ninguém nasce com "Você é um Vampiro Psíquico" estampado no peito. Ocasionalmente, esta consciência vem com o contato com a ação de outro psyvamp, como resultado de um mudança de vida brusca, e às vezes até mesmo um evento traumático. Uma vez ciente de sua natureza de psyvamp, passos devem ser seguidos para ajudar no processo de aprendizagem de como controlar e estabilizar a própria energia, como também como drenar a energia dos outros.Um psyvamp pode ter mudanças de humor drásticas que dependem do nível de energia pessoal e pode ir rapidamente de hyper (palavra que usamos para definir uma pessoa com excesso energia, feliz, bem disposta e saudável) para extremo down (contrário de hyper) e variando. Um estado chamado de flutuação é definido como depressão e baixa de energia simultaneamente. É sabido que nessas crises, alguns vampiros se suicidaram. Quando um psyvamp não é ensinado, pode drenar a energia inconscientemente de tudo e todos ao seu redor, até que sua energia pessoal seja estabilizada. Alguém em contato com um psyvamp pode se sentir freqüentemente drenado como resultado deste fenômeno. Exposição ininterrupta a este tipo de drenagem de energia pode causar sofrimento físico eventualmente.Sim, há psyvamps que drenam outros até o ponto de esgotamento para satisfação própria. É minha convicção pessoal que este tipo de psyvamp é raridade. Um psyvamp que opera com intenções boas saberá quando e onde é apropriado alimentar-se, e fará tudo ao seu alcance para evitar drenar energia de outros quando não é necessário. Drenar energia de uma pessoa que é fraca ou doente pode causar dano até mesmo para um psyvamp.Como vampiros psíquicos drenam energia?O processo de drenagem de energia de outros é diferente de um psyvamp para outro, entretanto algumas linhas comuns aparecem. Para os que o fazem conscientemente, podem concentrar o olhar e simplesmente puxar a energia para eles. Esta técnica que é geralmente é chamada alimentação ou drenagem.Contato físico geralmente não é necessário durante a drenagem, embora algum psyvamps prefiram utilizá-lo. A maioria do psyvamps tem a habilidade para puxar energia de longe. Alguns preferem puxar energia por contato sexual, e alguns podem puxar energia até mesmo pelo telefone.Para a maioria dos psyvamps, puxar energia é instintivo. Eles se dão conta subconscientemente da necessidade de energia e imediatamente começam a procurar fontes de energia mentalmente. Um psyvamp pode ser atraído às pessoas hyper. Um psyvamp também pode ser atraído a lugares onde as pessoas congestionam, normalmente lugares onde é provável que energia esteja alta, como clubes ou até mesmo cidades grandes. Nesses casos, um psyvamp pode tirar quantias pequenas de energia de muitas pessoas em vez de escoar um só indivíduo.Processos curativosUm tremendo benefício que a habilidade para manipular energia lhe dá é a oportunidade para usá-la para a cura. Um psyvamp treinado pode aplicar as técnicas de uso energia de sua energia para o processo curativo neles e em outros. Isto pode ser feito de dois modos diferentes. A primeira maneira de cura envolve a drenagem da energia estragada do indivíduo doente num esforço limpar e equilibrar o sistema dele. A segunda maneira de cura envolve transferindo energia saudável do psyvamp para o indivíduo doente numa tentativa de somar as forças para o processo curativo do corpo do próprio paciente.Muitos psyvamps sentem atração por sangue. Muitos psyvamps, especialmente esses que são desinformados da sua verdadeira natureza, viram vampiros bebedores de sangue por ser algo que alivia o sentimento de carência de energia (o sangue tem uma altíssima concentração de energia).Como uma pessoa se torna um vampiro psíquico?Embora não haja nenhuma regra comprovada, há várias hipóteses que tentam explicar como um psyvamp se origina. Algumas das hipóteses normalmente ouvidas são:* Uma pessoa nasce um psyvamp.* Uma pessoa pode herdar vampirismo psíquico geneticamente.* Uma pessoa pode ser se transformada em um psyvamp como resultado de um ataque por outro psyvamp.* Uma pessoa pode ser transformada por um psyvamp treinado e habilidoso que controla a transferência de energia entre os dois até um ponto que o torne um psyvamp.* Uma pessoa pode se tornar um psyvamp depois de se treinar no uso e manipulação de energia.É importante lembrar que essas hipóteses são apenas especulações. Não há ainda uma teoria correta e/ou comprovada.Como eu posso me tornar um vampiro psíquico?Eu encorajo qualquer um que deseja se tornar um psyvamp para parar e pensar no que pretende ser verdadeiramente... Ser um psyvamp não o faz mais atraente ou sexy. Não o faz mais misterioso. Não lhe oferece o estilo de vida fascinador dos vampiros descrito em ficção, filme e televisão. A realidade da vida de um psyvamp é um real contraste às imagens criadas pelas mídia hoje.A maioria dos psyvamps é sozinha. Ninguém quer estar ao redor de alguém que constantemente o deixa sentindo falta de energia. Psyvamps são freqüentemente prepotentes, como resultado de se alimentar excessivamente em uma tentativa de compensar a falta de energia. Flutuações drásticas em humor acontecem freqüentemente como resultado de energia instável. Os "baixos períodos" quando o nível de energia de um psyvamp é esvaziado pode conduzir a turnos de depressão. Um psyvamp não treinado pode ser até mesmo um perigoso àqueles ao redor dele. O processo de treinamento é árduo.Como você pode ver, as desvantagens são imensas. Eu aconselharia qualquer um com o desejo de se tornar um psyvamp a reconsiderar seriamente. Ainda é desconhecido sobre se um indivíduo deve ou não nascer um psyvamp, ou se a condição pode ser passada. Assim eu recomendaria não alimentar suas esperanças.Como eu sei se fui atacado por um vampiro psíquico?É importante entender a diferença entre ser atacado e só estar cansado. Todo o mundo entra por pontos na vida em que se sente exausto e/ou deprimido, e estes sentimentos necessariamente não indicam um ataque de psyvamp.Um ataque de psyvamp pode ser sentido freqüentemente enquanto está acontecendo, quando a vítima é sensível o suficiente para sentir a própria energia. Se você está ao redor de uma pessoa que constantemente o deixa sentindo "escoado", fraco ou cansado, aquela pessoa pode ser um psyvamp.Eles podem ou não estar conscientes do que estão fazendo.Defender-se de um ataque de psyvamp não é uma tarefa simples. Uma convicção comum do passado era que cruzar suas pernas e braços simplesmente e enfocar em fechar sua energia dentro de você seriam bastante para impedir para um psyvamp de ganhar acesso à sua energia pessoal. Isto pode funcionar se feito por uma pessoa que é treinada e tem um comando forte sobre a própria energia. Técnicas usadas em treinamento psíquico, como gerar proteções de energia pessoais ou proteções de aura podem ajudar também defender contra um ataque.Como sei se sou um vampiro psíquico?A resposta para esta pergunta é subjetiva, pois cada e todo psyvamp é diferente e experimenta as coisas de um modo diferente. Se, lendo essa página, você sente que pode ser um psyvamp, eu encorajo você à pesquisar mais profundamente no assunto.

TENHAM BOAS MANEIRAS NA MESA!


Boas Maneiras à Mesa 1) Ao cortar/morder a vítima, cuidado com os grandes vasos...evite artérias e veias. Lembre-se que pequenos cortes superficiais são suficientes para saciar a sede. (Não desperdice sangue e/ou doadores). 2) Faça a assepsia dos objetos cortantes que costuma utilizar (lâminas, punhal, etc) e, caso use seus próprios caninos, cuide para que eles se mantenham sempre afiados e higiênicos. 3) Sejamos gentis com as vítimas/doadores. Antes de cortá-los ou mordê-los, convém aplicar uma pomada anestésica para não causar dor aos mesmos, salvos os casos em que prefiram sentir dor. É também muito nobre manter uma caixa de curativos à mão para eventuais acidentes. 4) Em relação à energia, primeiro hipnotize ("prenda-o com olhar e/ou gestos, ações") e depois drene. Apenas em último caso drene a vítima até deixá-la depauperada e/ou desfalecida. 5) Proporcione prazer suficiente ao doador a fim de deixá-lo vulnerável para vampirizá-lo. 6) Limpe o prato e não deixe rastros! Feed well and have fun..but be safe! ;) Por: Mortícia

sábado, 27 de março de 2010

PROCURA-SE DOADORES DE SANGUE!!!!!!!!!!!!!!!!


PROCURA-SE DOADORES DE SANGUE DESESPERADAMENTE

Os interessados entrar em contato através da Caixa Postal Vamp.
Os requisitos mínimos para possíveis contatos são:

1-Apresentar atestado de sanidade mental

2-Carteira de vacinação em dia

3-Ter boa alimentação (Obesos e esqueléticos estão exclusos)

4-Não alcoólatras

5-Não viciados em cafeína ou qualquer outra droga

6-Livres de hepatites, doenças venéreas, etc (Comprovar com atestado médico e exames laboratoriais)

7-Independe de sexo, idade, raça, religião, estado civil e renda social

8-Independe de tipo sanguíneo

9-Pessoas caridosas e solidárias

10-Doadores que não tenham problemas com horários

11-E nem problemas com familiares e/ou terceiros

12-Doadores sem bafo..e que não curtam alho e nem cebola.

Os interessados que se encaixam nessas linhas, favor contactar-nos. Obrigada.

Por: Bruxa Vampira & Mortícia


Se você é um de nós, apague as luzes, puxe uma cadeira e sente-se.
Se não é um de nós, não tenha medo das trevas...
A ausência da escuridão é bem pior...
Pode revelar coisas que você não gostará de ver...
Se você é um de nós, apague as luzes, puxe uma cadeira e sente-se.
"Cuidado com lugares escuros... Pois eles tem mais vida que você imagina. Não aconselho a sair sozinho numa noite sombria e fria. Pois o que pode ver, talvez não lhe agrade. O que irá descobrir, com certeza vai fazer seu sangue gelar."

Caso você tenha arriscado ler até aqui... Junte-se a nós e seja bem vindo(a)!

Vampiros (Em Busca da Verdade) - Parte 4/12

sexta-feira, 26 de março de 2010

BOM FINAL DE SEMANA!!


SAUDAÇÕES !
DESEJO AOS MEUS IRMÃOS ,
UM FINAL DE SEMANA SUCULENTOOOOO!!!!!!!!!!

TIPOS DE VAMPIROS QUE CAMINHAM ENTRE NÓS!


TODOS NÓS OS CONHECEMOS! SABEMOS COMO SÃO! COMO SE VESTEM! E COMO AGEM! E SEUS PROPÓSITOS: SUGAR O SANGUE DE SUAS VITIMAS, POIS SÓ ASSIM ELES SOBREVIVEM.DE QUEM ESTAMOS FALANDO??? É CLARO QUE DOS " VAMPIROS DOS FILMES ", O CONDE DRÁCULA E SEUS AMIGOS, SERES ERRANTES DE CAPA PRETA E GRANDES DENTES ÁVIDOS POR SANGUE (OU ENERGIA VITAL), E QUE ANDAM PELAS SOMBRAS EM BUSCA DE SUAS VITIMAS QUE, NA MAIORIA DAS VEZES, NÃO PERCEBEM SUA PRESENÇA OU ATUAÇÃO MALÉFICA, MESMO QUE ESTEJAM MUITO PRÓXIMOS.
AI, O FILME TERMINA E OS VAMPIROS DESAPARECEM CERTO!?!? ERRADO!!!! EXISTE UM TIPO DE VAMPIRO QUE É DE CARNE E OSSO, E QUE CONVIVEMOS DIARIAMENTE. ESTAMOS FALANDO DOS " VAMPIROS DE ENERGIA ". OS VAMPIROS DE ENERGIA, SÃO PESSOAS DE NOSSO RELACIONAMENTO DIÁRIO.PODE SER NOSSO IRMÃO(A), MARIDO/ESPOSA, EMPREGADO, FAMILIAR, AMIGO DE TRABALHO. VIZINHOS, GERENTE DO BANCO, OU SEJA QUALQUER PESSOA DE NOSSO CONVIVIO, QUE ESTA ROUBANDO NOSSAS ENERGIAS, PARA SE ABASTECER. ELES ROUBAM ENERGIA VITAL, COMUM NO UNIVERSO, MAS QUE ELES NÃO CONSEGUEM RECEBER.
MAS, POR QUE ESTAS PESSOAS SUGAM NOSSA ENERGIA, AFINAL????BEM, EM PRIMEIRO LUGAR A MAIORIA DOS VAMPIROS DE ENERGIA ATUAM INCONSCIENTIMENTE, SUGANDO A ENERGIA DE SUAS VITIMAS SEM SABER O QUE ESTÃO FAZENDO.O VAMPIRISMO OCORRE PORQUE AS PESSOAS NÃO CONSEGUEM ABSORVER AS ENERGIAS DAS FONTES NATURAIS ( COSMICAS, TELURICAS, ETC) , TÃO ABUNDANTES, E FICAM DESIQUILIBRADAS ENERGETICAMENTE.QUANDO AS PESSOAS BLOQUEIAM O RECEBIMENTO DESTAS ENERGIAS NATURAIS ( OU VITAIS), ELAS PRECISAM ENCONTRAR OUTRAS FONTES DE ENERGIA MAIS PRÓXIMA, QUE NADA MAIS SAO DO QUE AS OUTRAS PESSOAS, OU SEJA, VOCÊ.NA VERDADE, QUASE TODOS NÓS, NUM MOMENTO OU OUTRO DE NOSSAS VIDAS, QUANDO NOS ENCONTRAMOS EM UM ESTADO DE DESIQUILIBRIO, ACABAMOS NOS TORNANDO VAMPIROS DE ENERGIA ALHEIA.
MAS, COMO IDENTIFICAR ESTAS PESSOAS, OU ESTES VAMPIROS???? EM ESTUDOS FEITOS, FORAM IDENTIFICADOS OS SEGUINTES TIPOS DE VAMPIROS ( VOCÊ PROVAVELMENTE CONHECE MAIS DE UM):
· VAMPIRO COBRADOR· VAMPIRO CRÍTICO· VAMPIRO ADULADOR· VAMPIRO RECLAMADOR· VAMPIRO INQUIRIDOR· VAMPIRO LAMENTOSO· VAMPIRO PEGAJOSO· VAMPIRO GRILO-FALANTE· VAMPIRO HIPOCONDRIACO· VAMPIRO ENCRENQUEIRO
QUAIS AS PRINCIPAIS CARACTERITICAS DELES? COMO COMBATE-LOS???
A) Vampiro Cobrador: Cobra sempre, de tudo e todos. Quando nos encontramos com ele, já vem cobrando o porque não lhe telefonamos ou visitamos. Se você vestir a carapuça e se sentir culpado, estará abrindo as portas. O melhor a fazer é usar de sua própria arma, ou seja, cobrar de volta e perguntar porque ele não liga ou aparece. Deixe-o confuso, não deixe ele retrucar e se retire rapidamente.

B) Vampiro Crítico: é aquele que crítica a tudo e a todos, e o pior que é só Critica Negativa e Destrutiva. Vê a vida somente pelo lado sombrio. A maledicência tende a criar na vítima um estado de alma escuro e pesado e abrirá sue sistema para que a energia seja sugada. Diga "não " a suas críticas. Nunca concorde com ele. A vida não é tão negra assim. Não entre nesta vibração. O melhor é cair fora e cortar até todo o tipo de contato.

C) Vampiro Adulador: è o famoso Puxa-saco. Adula o ego da vítima, cobrindo-a de lisonjas e elogios falsos, tentando seduzir pela adulação. Muito cuidado para não dar ouvidos ao adulador, pois ele simplesmente espera que o orgulho da vítima abra as portas da aura para sugar a energia.

D) Vampiro Reclamador: è aquele tipo que reclama de tudo, de todos, da vida do governo, do tempo, etc. Opõe-se a tudo, exige, reivindica, protesta sem parar. È o mais engraçado é que nem sempre dispõe de argumentos sólidos e válidos para justificar seus protestos. Melhor tática é deixa-lo falando sozinho.

E) Vampiro Inquiridor: Sua língua é uma metralhadora. Dispara perguntas sobre tudo., e não dá tempo para que a vítima responda pois já dispara mais uma rajada de perguntas. Na verdade ele não quer respostas e sim apenas desestabilizar o equilíbrio mental da vítima, perturbando seu fluxo normal de pensamentos. Para sair de suas garras, não ocupe sua mente à procura de respostas. Para cortar seu ataque, reaja fazendo-lhe uma pergunta bem pessoal e contundente., e procure se afastar assim que possível.

F) Vampiro Lamentoso: São os lamentadores profissionais, que anos a fio choram sua desgraças. Para sugar a energia da vítima, ataca pelo lado emocional e afetivo. Chora, lamenta-se e faz de tudo para despertar pena. È sempre o coitado, a vítima. Só há um jeito de tratar com este tipo de vampiro, é cortando suas asas . Corte suas lamentações dizendo que não gosta de queixas, ainda mais que não elas não resolvem situação alguma.

G) Vampiro Pegajoso: Investe contra as portas da sensualidade e sexualidade da vítima. Aproxima-se como se quisesse lambê-la com os olhos, com as mãos, com a língua. Parece um polvo querendo envolver a pessoa com seus tentáculos . Se você não escapar rápido, ele irá sugar sua energia em qualquer uma das possibilidades. Seja conseguindo seduzi-lo com seu jogo pegajoso, seja provocando náuseas e repulsa. Em ambos os casos você estará desestabilizado, e portanto, vulnerável..Saia o mais rápido possivel . Invente uma desculpa e fuja rapidamente.

H) Vampiro Grilo-Falante: A porta de entrada que ele quer arrombar é o seu ouvido. Fala, absoluto, durante horas, enquanto mantém a atenção da vítima ocupada, suga sua energia vital. Para livrar-se , invente uma desculpa, levante-se e vá embora.

I) Vampiro Hipocondríaco: Cada dia aparece com uma doença nova. Adora colecionar bula de remédios. Desse jeito chama a atenção dos outros , despertando preocupação e cuidados. Enquanto descreve os por menores de seus males e conta seus infindáveis sofrimentos, rouba a energia do ouvinte, que depois sente-se péssimo.

J) Vampiro Encrenqueiro: para ele, o mundo é um campo de batalha onde as coisas só são resolvidas na base do tapa. Quer que a vítima compre a sua briga, provocando nela um estado raivoso, irado e agressivo. Esse é um dos métodos mais eficientes para desestabilizar a vítima e roubar-lhe a energia.Não de campo para agressividade, procure manter a calma e corte laços com este vampiro.

SANGUE!!!



SANGUE:

Desde os primórdios o sangue representa como ícone, o símbolo da vida. O sangue correndo por nossas artérias e veias, sempre significaram a continuidade do viver. A perda deste em demasia significa a perda de consciência, respiração, movimentos e por que não dizer, a vida. Cabe ainda dizer que apenas nos vivos, este sangue flui, nos mortos, tal sangue perde esta mobilidade e coagula, sendo mantido no próprio corpo durante a putrefação. Durante toda história o sangue possue algum significado na área religiosa e ou relacionada com sacrifícios, por exemplo, na era pagã, os nossos antepassados, utilizavam deste como sacrifício, provocando o seu derramamento para seus Deuses. Até mesmo hoje em dia o sangue ainda tem essa importância, basta referirmos a Igreja Católica, onde na Eucaristia temos como representação o corpo e o sangue de Cristo.
Parece, então, apropriado que uma criatura, que é a antítese entre a vida e a morte, receba seu vigor e vitalidade de sangue oriundos de seres humanos. Para o vampiro, o ato de se alimentar do sangue é o seu viver, seu cotidiano, sua necessidade. Independente da origem ou da cultura deste.
Com o avanço dos tempos, e concomitantemente com a disponibilidade da tecnologia e medicina para as grandes massas, esta necessidade do sangue para o vampiro, sofreu suas modificações. Em alguns livros essa necessidade for à relacionada a quadros anêmicos, hipovolemia, entre outros. Até no Drácula, de Bram Stoker, temos como citação uma transfusão de sangue feita em Lucy, uma vampira, no intuito de purificar seu sangue.
Sangue é o que anima um vampiro, o que dá a este sua vitalidade, sendo que pode ser oriundo de um animal ou mesmo de um ser humano. Para exercer qualquer movimento ou atitude o vampiro necessita deste, pois o coração o bombeia para a região que está em atividade. Devido a isso sua voracidade em obter tal sangue pode ser relacionada a uma fera buscando sua presa. Anne Rice, já dizia em seus livros que tal busca pelo sangue pelo vampiro funcionaria como uma maldição ou um demônio que os faz agir de tal forma, tão impulsivo, tão violenta.

PRESAS:

Como anteriormente citado, o vampiro necessita obter sangue para sua sobrevivência, sendo assim, fora observado e citado em livros técnicos ou mesmo romances, a adaptação morfofisiológica para a obtenção deste sangue, que viria de uma adaptação em sua arcada dentária, com o alongamento de seus caninos, que podem ser projetados, para que assim, o vampiro possui-se maior facilidade em atingir a veia jugular no pescoço de sua vítima. O sangue também pode ser obtido via artéria radial.

UNHAS:

Na História Antiga, acrediava-se que um dos sinais característicos em um corpo, se este era ou não um vampiro, eram suas unhas. Acreditava-se que com a entrada ao mundo vampírico, a criatura perdia suas antigas unhas e desenvolviam novas, assim, corpos exumados, em tal época, que apresentavam unhas resistentes, que mesmo o corpo inteiro sendo consumido pelo fogo, estas unhas se apresentassem inteiras, estes sofriam logo a introdução de uma estaca em seu peito e eram colocados a luz do sol para serem queimados.
Já nos tempos modernos, dois grandes literatos citaram modificações nas unhas vampíricas, Anne Rice, citava seus dois famosos vampiros, Lestat e Louis, com modificações em suas unhas, sendo estas grossas, afiadas, e opacas. Já em Drácula, Jonathan Harker cita as unhas de drácula como sendo longas, finas e extremamente afiadas.

SENTIDOS:
A visão de um vampiro é impressionante. A história relata que por serem criaturas tipicamente noturnas, seus olhos sofreram modificações anatomo-funcionais, absorvendo a luz do meio. Há correlações também com seu polimorfismo (capacidade de transformação do vampiro em morcegos, lobos, etc.). Este desenvolvimento da visão também explica porque os raios de luz solares são tão prejudiciais aos olhos de um vampiro, pois são extremamente irritantes para suas retinas, facilmente danificando sua estrutura.
Quanto à audição, sabe-se que os vampiros possuem uma sensibilidade auditiva extremamente altas, infinitamente maior que a dos humanos, com isso, ele pode perceber a chegada de outros vampiros ou mesmo seres humanos, podendo se preparar para defesa e ou se esconder.

CABELOS:
Na era medieval, não temos nenhum relato quanto aos cabelos de um vampiro, porém Anne Rice, cita em seus livros, que após o ingresso ao mundo vampírico, o vampiro permanece com seu corte de cabelo, não crescendo mais, e mesmo se for cortado, retoma seu tamanho original.

PELE:

Historicamente, a pele dos vampiros era caracterizada como sendo escura e grossa, diferentemente dos dias de hoje, onde o vampiro se apresenta em filmes e histórias com uma pele extremamente branca e fria. A idéia da pele vampírica ser escura surgiu primeiramente com Paul Barber, que justificava tal fato, dizendo que os vampiros eram como corpos degradando em suas criptas, logo deveriam se comportar da mesma forma.
Porém nos dias de hoje, tal fato é extremamente combatido, pois se afirma que por serem criaturas tipicamente noturnas, os vampiros não chegam a ver a luz do sol, logo, não ocorre atividade de seus pigmentos responsáveis pelo escurecimento da pele e como conseqüência temos uma pele branca e suave. Pode se também, observar uma pele rosada em um vampiro, oriunda de sangue novo correndo por seu corpo.
Anne Rice descreve a pele do vampiro, como sendo transparente, obtendo a mesma cor da pele do ser humano quando este se alimenta imediatamente de sangue, clareando aos poucos, voltando a sua tonalidade transparente após tal processo. Lestat menciona em diversos momentos o uso de pó, para deixar sua pele com a coloração próxima a de um ser humano.

CORAÇÃO:

Único órgão ainda ativo em um vampiro, sendo que os outros, por não uso, se atrofiam e perdem sua utilidade. O coração funciona como uma bomba, porém, diferentemente do ser humano, não possui ritmos característicos. O coração de um vampiro perde seu controle nervoso e seus marca-passos naturais não tem mais atividade. O coração só funciona se for necessária alguma movimentação, atitude ou reflexão. Para isto, ele é responsável por enviar o sangue apenas para área em uso, assim, o gasto de sangue é muito menor e o consumo, conseqüentemente, também diminui.

REPRODUÇÃO:

A reprodução vampírica não se dá com membros da mesma espécie. A relação sexual, com gravidez, só ocorre quando um vampiro do sexo masculino se relaciona com um ser humano. Esta mulher vai conseguir captar o líquido seminal deste vampiro e desenvolver uma gestação normal, porém, seu filho terá algumas características diferenciadas, como sentir aonde os vampiros se escondem, saber diferenciar um ser humano de um vampiro, força extremamente grande, agilidade, entre outras.
Tais características são transmitidas geneticamente, geração a geração, podendo estes, se transformarem em exímios caçadores de vampiros. Tal reprodução já era relatada desde a idade média, onde acreditava-se que os vampiros, se aproveitavam de sua sensualidade e força para possuir mulheres como amantes.

Vampiros (Em Busca da Verdade) - Parte 4 / 12

quarta-feira, 24 de março de 2010

CONHEÇA ALGUNS TEXTOS SOBRE VAMPIRISMO!


Textos sobre Vampirismo
Textos sobre Vampiros
1979 – 1983 Volume 1, Bauhaus (Morte Súbita Inc.) 03/07/2008
A Comunhão do Nosferatu (Morte Súbita Inc.) 22/09/2009
A Igreja Gótica Paulista (Morte Súbita Inc.) 23/10/2007
A lenda original do vampiro (Morte Súbita Inc.) 10/06/2007
A Primeira Ordem Vampírica do Ocidente (Morte Súbita Inc.) 21/02/2009
Anatomia de um vampiro (Morte Súbita Inc.) 10/06/2007
As leis do sangue (Morte Súbita Inc.) 15/06/2007
As palavras de Abremelin, o Mago (Morte Súbita Inc.) 15/06/2007
Bibliografia sobre vampiros (Morte Súbita Inc.) 10/06/2007
Caçadores de Vampiros (Morte Súbita Inc.) 15/06/2007
Chuvas Diferentes (Morte Súbita Inc.) 07/06/2007
Corpos Incorruptos (Obito o Bastardo) 13/04/2009
Corpos incorruptíveis (Morte Súbita Inc.) 15/06/2007
Em busca do vampiro indiano (Morte Súbita Inc.) 07/06/2007
Lady Bathory (Morte Súbita Inc.) 24/06/2007
Linha do Tempo dos Vampiros (Morte Súbita Inc.) 07/06/2007
Lições de Vampirismo (Morte Súbita Inc.) 26/06/2009
Lobisomens e Vampiros (Morte Súbita Inc.) 10/06/2007
O Ataque Vampiro e o Princípio da Vontade (Morte Súbita Inc.) 07/06/2007
O Caminho do Vampiro (Morte Súbita Inc.) 08/06/2009
O licor da imortalidade (Morte Súbita Inc.) 15/06/2007
O Medalhão Vampiro (Morte Súbita Inc.) 15/06/2007
O Ritual de Evocação e Invocação de um Vampiro (Morte Súbita Inc.) 21/12/2009
O sangue do dragão (Morte Súbita Inc.) 15/06/2007
O Vampiro Inconsciente (Morte Súbita Inc.) 07/06/2007
O êxtase negro (Morte Súbita Inc.) 15/06/2007
Os poderes da noite (Morte Súbita Inc.) 15/06/2007
Pactos de Sangue: Celebrá-los e Quebrá-los (Morte Súbita Inc.) 17/11/2008
Profecia Celestina e o Vampirismo no Brasil (Morte Súbita Inc.) 10/06/2007
Proteção Contra Vampiros Psíquicos (Morte Súbita Inc.) 20/02/2008
Proteções contra vampiros (Morte Súbita Inc.) 15/06/2007
Repelente Divino: Fetichismo e Vampirismo (Morte Súbita Inc.) 18/11/2007
Satanismo e Vampirismo (Morte Súbita Inc.) 12/12/2008
Sobre o Ser e a Morte (Morte Súbita Inc.) 10/06/2007
Under the Sign of the Black Mark, Bathory (Morte Súbita Inc.) 26/03/2008
Vampirismo, uma doença de alma (Morte Súbita Inc.) 15/06/2007
Vampiro vampirizado (Morte Súbita Inc.) 10/06/2007
Vampiros do Espaço (Morte Súbita Inc.) 10/06/2007
Vampiros e a teoria da evolução racial (Morte Súbita Inc.) 07/06/2007
Vampiros e a teoria da reencarnação animal (Morte Súbita Inc.) 07/06/2007
Vampiros Psíquicos (Morte Súbita Inc.) 10/06/2007
Violadores de Túmulos (Morte Súbita Inc.) 21/11/2007
Vlad Tsepesh, o Conde Dracula (Morte Súbita Inc.) 24/06/2007
More...
Livros Vampirismo
Manual Prático do Vampirismo (Morte Súbita Inc.) 21/07/2007
More...

Faça bom proveitooooo!!!!

Gotico - Vampiros (Theatre of tragedy - Venus)

Era - Ameno

Doces Vampiros de True Blood

terça-feira, 23 de março de 2010

INTRODUÇÃO


Introdução

As lendas e mitos em torno da figura dos vampiros e umd estes mitos constantes que aparecem de forma independente e insuspeita no imaginário de diversos povos. Talvez sua origem seja baseada em um antigo mito de que através do beijo seria possível apoderar-se da vida e da alma de outra pessoa; a exemplo de muitos povos africanos que acreditavam que o beijo era algo diabólico e que a pessoa beijada poderia ter sua alma absorvida se permitisse ser beijada. Entre os antigos astecas havia essa mesma alusão ao beijo, entretanto o mesmo não era considerado demoníaco, e sim uma forma de canibalização que simbolizava a oferta ritual da pessoa a ser sacrificada aos deuses. O sangue também tem um forte valor simbólico em diversas culturas: significa vida, paixão, poder, força, e também carrega consigo uma série de tabus e interditos. É difícil afirmar quando surgiram as primeiras histórias, pois aparecem referências desde a Grécia antiga.

Assim presente no folclore de muitas culturas, o vampiro ganhou vida eterna através da literatura a partir do início do século XIX. Autores como Hoffman e Gogol também contribuíram com o mito. Drácula, de Bram Stoker, foi editado em 1897 e, desde então, jamais deixou de ser publicado.

O QUE DIZEM SOBRE O VAMPIRO



O vampiro é um personagem muito comum na literatura de horror e mitologia, existindo tantas versões do seu mito quanto existem usos desse conceito. Segundo a lenda, vampiro é um ente mitológico que se alimenta de sangue humano. Alguns pontos em comum são o facto de ele precisar de sangue (preferencialmente humano) para sobreviver, de não poder sair na luz do Sol, de se transformar em morcego e de poder ser posto em torpor temporário por uma estaca no coração. Segundo a lenda, os vampiros podem controlar animais daninhos e noturnos, podem desaparecer numa névoa e possuem um poder de sedução muito forte. Formas de combatê-los incluiriam o uso de objetos com valor sagrado tais como hóstia consagrada, rosários, metais consagrados, alhos, água benta, etc.