segunda-feira, 31 de maio de 2010

CLÃS!!

Clãs de Vampiros
Clãs Facções


Os Vampiros existem ?

Os vampiros existem, e andam entre nós. De noite, pelo menos - pois o sol para eles é mortifero.
E sim, eles sobrevivem bebendo o sangue humano. Mas os mitos não vão mais longe que isto a fim de dizer a verdade.
Cruzes, alho, agua corrente? Não têm qualquer efeito.
Vampiros tal qual eles realmente existem, são criaturas de contradições. São imortais, mas continuam agarrados aquilo que ainda tem de humanos. Poderosos, mas sempre cautelosos para manter a sua existência escondida da sociedade humana.

Esta é a sua historia.

Os vampiros são uma criação de Caine, o primeiro vampiro. Ele criou varios vampiros, que por sua vez deram origem a outros vampiros, e assim consecutivamente. Cada geração que nasçe, afasta-se mais do sangue de Caine, consequentemente vão perdendo poderes. Mas os vampiros que se mantem activos durante longos periodos de tempo, tendem a ficar mais poderosos, ganhando com isso experiência, conhecimento, influência politica - e um forte sentido de paranoia.
O clã em que cada vampiro esta inserido, afecta a sua personalidade, poderes, aparência fisica e mentalidade.
Os vampiros de caracteristicas similares são apelidados de "kindred" (Parentes). Mas os tempos mudaram para eles. Na Idade Média poderam mover-se com mais liberdade por entre a população humana, por vezes com a sua influência chegavam até cargos de governadores. Mas com a chegada da inquisição tudo mudou novamente. Foi necessário adoptar uma lei de absoluto silêncio sobre a sua propria existência - "Masquerade". Matar, foi o minimo que eles fizeram para conseguir preservar a sua existência em segredo absoluto.
Hoje em dia, a sociedade dos vampiros é muito mais estructurada. A maioria dos "Kindred" pertençe aos Camarilla, que protegem a lei de silêncio (Masquerade) e matêm uma hierarquia social. Outros, porém, pertençem aos Sabbat, que rejeitam a sua natureza humana e apenas vêm os seres humanos como a sua fonte de alimentação. Apenas o seu instincto de auto preservação da especie, os impede de destruir a "Masquerade".
Existem 13 diferentes clãs nos tempos modernos. Outros clãs já não são mais do que historias. Um desses clãs era os Cappadocians. Derivando de uma ordem de monges medievais, estes vampiros fizeram da morte o seu principal objecto de estudo.

Esta é uma breve descrição dos clãs da era moderna:


Os filhos de Caine são apelidados de "Os Condenados", e ninguém encarna mais neste papel que os miseraveís Nosferatu. Os Nosferatu carregam consigo uma antiga e terrivél maldição, pois ja não são feitos á imagem de Deus; a transformação vampirica, deformou-lhes o corpo, transformando-os em abominações aos olhos dos homens e dos anjos. Marginalizado pela sociedade dos mortais e dos vampiros, estes seres deformados assombram as catacumbas e todos os tipos de lugares escuros e desertos.

Os Nosferatu raramente confraternizavam com os mortais, mas ficaram enraizados na sociedade dos humanos como monstros. Outros vampiros, com medo dos roubos dos Nosferatu aos seus clãs, levaram estas criaturas a procurar abrigo em baldios, longe das sociedades. Este exilio forçado, combinado com a revulsão intrinseca que a sua aparência inspirava, tornou-os no perfeito bode expiatório para tudo o que não tinham explicação, real ou imaginário. Esta malvada (e nada merecida) reputação forçou os Nosferatu a estarem para sempre em movimento, sempre escondidos, sem poderem descançar devido ao medo da exterminação.

Muitas vezes eles evitaram a sua destruição traficando preciosas informações. A sua dependencia em fazer as coisas pela calada, comunicar com bestas e estar sempre em movimento de lugar para lugar, propocionou-lhes acesso a muita informação que os seus congeneres menos audazes não tinham conhecimento. Mesmo os Nosferatu que viviam nos perimetros das cidades, descobriram que as suas escolhas de estadia e de victimas, lhes forneciam conhecimento secreto de todo o tipo de informações e de assuntos vulagares, inacessiveis mesmo ao mais grandioso clã. Os Nosferatu aprenderam que os mais refinados principes Ventrue muitas vezes cobriam o pescoço, tapavam o nariz e davam um pedinte ou dois, em troca de informação sobre o seu clã rival Lasombra. (e se o ragateio se provasse futil, os Nosferatu não estavam imunes a chantagens...)

Desde o aparecimento da Cristandande, muitos Nosferatu mudaram os seus comportamentos. Viam-se amaldiçoados por Deus, mas capazes da salvação atravéz de Cristo (quem quer que fosse), aguentaram com firmeza e com sofrimento a sua penitência na terra, na tentativa de evitar o inferno. Como o Nosferatu tem de se manter encondido entre a camada social mais baixa dos mortais, encontram desta maneira muitas oportunidades de fazer bons trabalhos a partir da escuridão.

Aparência: Cada Nosferatu é único, sendo cada um mais repugnante que o outro. As suas deformidades são tão exageradas como grotescas. Alguns tem aspecto de um corpo em decomposição, sem narizes e orelhas; outros aparentam-se com demonios ou roedores vorazes. Muitos perdem o cabelo e deixam cresçer inchaços e verrugas como os sapos. Alguns tem uma pele gordurosa e enrugada, outros horrivelmente não tem pele, parecendo-se como porcos esfolados num mercado. Um cheiro pestilento circunda os Nosferatu, atraindo muitas das vez pragas de moscas e de gafanhotos. Em todos os Nosferatu, a falta de higiene é evidente. Num esforço para esconder a sua vergonha (e evitar os caçadores de bruxas), muitos dos Nosferatu encobrem-se numa especie de sarapilheira.

Abrigos: Os Nosferatu assombram sitios abandonados e pestilentos, de preferência ruinas, pântanos, florestas ou, de preferência, zonas infectadas por pragas. Nas cidades, tendem a habitar catacumbas antigas, leprosarias, masmorras e casas baratas fora dos limites da cidade. Os grandes montes de estrume comuns as cidades da época medieval, serviam de abrigo diurno (e era mesmo muito pouco provavél que mesmo o mais zeloso caçador de bruxas, fosse escavar um monte de estrume á procura de um vampiro adormecido).

Antecedentes: Os Nosferatu escolhem as suas vitimas da mais baixa classe da sociedade: idiotas, leprosos, ermitas, criminosos e vagabundos. Os Nosferatu na caminhada para o céu, muitas vezes castigam os orgulhosos, hipócritas e outros pecadores, forçando-os a entrar no clã. Os Judeus eram os favoritos, pois muitas das vezes eram inteligentes e praticos, mas não tinham protecção contra os vampiros. Ocasionalmente, um Nosferatu indignado, escolhe uma belas victima para a tornar monstrousa, mas hoje em dia esta pratica já nãoé comum.

Personalidade: A maioria dos Nosferatu tem a ideologia de um pedinte ou de um estranho a uma sociedade. Os atributos fisicos e os talentos são geralmente essênciais, pois têm de ser rapidos, espertos e tem de dar preparados para sobreviver com as suas inumeras privações. Raramente tem aliados, contactos, servidores ou qualquer outra coisa que os ligue ao mundo dos mortais. Apesar de tudo, o raro humano que ajudar um Nosferatu, terá um amigo para a vida (e para a dos seus filhos, netos.... ). O caminho para o céu é comum entre os Nosferatu, seguido de perto pelo caminho da besta. Muitos Nosferatu rejeitão o caminho da humanidade, não se considerando dignos da humanidade.
POSTERIORMENTE COLOCAREI OUTROS CLÃS

BOA NOITE!!!
ÓTIMA SEMANA!!

sexta-feira, 28 de maio de 2010

POESIAS VAMPIRICAS!!





GRITOS

Na névoa do anoitecer
As presenças da noite se aproximam...
Em sombras de vento
Em risadas ecoando entre os braços das árvores

A morte espalha o seu cheiro no ar,
E gritos;
Gritos invadem as minhas veias...
Eu, um ser frio que vive do sangue para o sangue,
Que vive da dor para a dor...

Um monstro sou;
Um monstro que chora a perda da vida
E vive do inevitável,
Por não ser a dor que causo
Nem o prazer que crio.

Nem o prazer que crio.

Na escuridão permaneço
Vivendo nesse escuro medo
Todos estão a me observar
O amor que sinto me protege por nada me amar
O medo se transforma em ódio
Para que eu descubra o que tenho que buscar...

Que mais posso esperar de tudo isso?
Das lágrimas busco o sorriso...
Do peso em meu coração busco a paz
O simples beijo que dou,
Desperta meu imortal desejo do fatal beijo dar
E nesse fim de mais uma vida
O que terei eu de amar?

Poet & Mekare



SAUDAÇÕES!!
ÓTIMO FINAL DE SEMANA!!!

quinta-feira, 27 de maio de 2010

Quem é um vampiro?vampiro como exilado,etc...




Quem é um vampiro?

Muitos consideram a si mesmos vampiros, pensando que há em seu sangue alguma coisa que os torna vampiros, um não humano. Acreditam que tenham nascido vampiro ou que foram iniciados como um. Eles podem ou não estar envolvidos em práticas ocultas. Eles freqüentemente reúnem-se em clubes góticos ou outros clubes. Um psicólogo que pesquisando a cena do vampiro indicou que tais clubes atraem "góticos, médiuns, pagãos, papel de jogadores, bruxas, vampiros reais, vampiros fetichistas, feiticeiros, lobisomens" e aqueles associados com vampiros moldadores. Alguns alegam que o vampiro é solitário, outros alegam que trabalham em grupo. Um vampiro indica que esses vampiros estão além da lei. Humanos, mas não humanos. Um poderoso ser que entende a realidade humana, mas que vive em lugares além da limitação humana. O verdadeiro vampiro também é chamado de meia-escuridão

Há uma discordância sobre quem é vampiro, desde que a cultura induziu diversos tipos: aqueles que são contandos em si mesmos; aqueles que bebem sangue para o espiritual, sexual ou razões aditivas; os mentalmente confusos; aqueles marcados pela compulsão de beber sangue; aqueles que não gostam de sol e aqueles que acreditam ter nascido vampiro.11 Como no moderno movimento neopagão, não há autoridade para decidir os critérios ou definições. Um pesquisador ofereceu uma definição de vampiro como alguém que tem a necessidade física de sangue. Outro pesquisador descobriu que o vampirismo está conectado com o satanismo ou apetites sexuais pervertidos, mas também encontrou neste estado aqueles que se auto-intitulam vampiros e que foram fisicamente abusados enquanto crianças ou horrivelmente negligenciados. Vampirismo também pode ser a quebra de tabus sociais, sexuais ou outros.

Adicionalmente, muitos vampiros e grupos de vampiros são secretos e difíceis, se não impossíveis de se investigar. A esse respeito, não é distinto do satanismo, o qual em alto grau de sigilo previne um claro e consistente entendimento de suas práticas e praticantes.
Vampiro: como exilado

O romance de Anne Rice romantizou o vampiro como um tipo de anti-herói existencial. Não mais como criatura má, o vampiro tornou-se uma má compreendida vítima apanhado em circunstâncias além do seu controle, um escravo das suas paixões e de suas necessidades por sangue humano. A melhor coisa do filme "Entrevista com o vampiro", baseado no romande de Anne Rice, opina um vampiro, é que o "estilo de vida do vampiro não o apresentou como a faceta da maldade, mas antes como inevitável peculiaridade da natureza... O vampiro se alimenta porque está faminto".15 O vampiro necessita manter imortalidade através de beber sangue, sua inabilidade para estar no sol, seu estranho erotismo, sua vida nos limites da sociedade como intruso, tudo transformou-se em um símbolo para aqueles que se vêem como os estranhos ou banido da sociedade.

Com o aumento da tecnologia, isso deu origem à nostalgia por sentimentos e contato íntimo. De acordo com o relato de um autor de ficção sobre vampiro, impressionantemente chamado Nothing, vampiros refletem góticos que sentem que nada são "somente refugo sem valor da sociedade".
O vampiro como predador

Em o Máscarado 1, o vampiro não é somente um romântico como pessoa cruel, talvez representando os elementos bestiais da humanidade "O que significa ser vampiro? Vampiros não são seres com dentes caninos alongados, eles são monstros mascarados de humanos". Simplesmente como um vampiro baseia-se em humanos, ele vive no temor da besta dentro de si mesmo".17

Embora essas descrições estejam dentro de um contexto de jogo de fantasia , em alguns casos a fantasia se derrama sobre a realidade. Um dos mais horríveis crimes cometidos por aqueles que alegam serem vampiros, dois assassinatos foram cometidos por um grupo de adolescentes vampiros, conduzidos por um jovem de 17 anos, filho de uma mulher que se considerava vampira.18 Antes dos assassinatos, alguns dos adolescentes beberam sangue um do outro. 19 Roderick Ferrell, o líder do grupo, foi sentenciado à morte em 1998, advertindo os adolescentes para não seguirem seu caminho e dizendo aos repórteres, após a sentença que ele se considerava um vampiro, mas não mais acreditando ser imortal ou possuir poderes especiais por ter bebido sangue.20

O vampiro criminoso, contudo, é uma exceção Embora haja tensões violentas entre alguns grupos, isso não é norma.

Às vezes, aqueles que exercem o poder no alto são considerados os verdadeiros vampiros. O diretor do Instituto de Pesquisas vampiras em Seattle, uma mulher em operação, disse que o autor de um livro da sociedade é um vampiro corporativo, como Bill Gates, que "se alimenta do trabalho dos outros". Essa visão da sociedade é a verdade vampira que foi expressada em Smashing Pumpkin?s, sucesso popular em 1990 "Bullet with Butterfly Wings", que abriu linha para "O mundo é vampiro".

Vampiro Paranormal: Muitos acreditam que há aqueles que podem extrair ou enfraquecer as energias psíquicas de uma pessoa. Aqueles que aderem a essa visão acreditam que a pessoa que faz isso é um vampiro porque ele ou ela está tirando outra de usa aura, vitalidade, ou emocional, física ou energia psicológica. O vampiro paranormal faz isso com poderes psíquicos, ficando fora do corpo, ou enviando um ataque em forma de pensamento à vítima.22 Alguns na subcultura vampira pensam que beber sangue é feito apenas por vampiros que desejam ser iguais a outros, mas esses vampiros verdadeiros "se alimentam de uma alma".23

Teologia do Vampiro: Os jogos de Stephen Jackson deram direitos a dois livros que adaptam o "Lobo branco vampiro": o mascarado" (White Wolf?s Vampire: Masquarede) e produziu o livro e guia do jogo Vampiro, a companhia mascarada (Vampire: The Masquarede Companion).24 Durante todo o livro, os vampiros são referenciados como os "filhos de cão" ou "canitas", numa crença de que esses vampiros são descendentes do Cão bíblico e maldito com sede de sangue.25 Um clã dos seguidores do sem, são descritos como tendo começado há mais de "sete mil anos atrás, quando os filhos de Cão começaram a permitir primeiramente que seus pastores formassem civilizações" e o mais idoso desse grupo, denominado Sutekh veio a ser "adorado como um deus da noite e da escuridão", eventualmente se chamando-se a si mesmo para se ajustar.26 A missão desse grupo é corrupção, subverter e destruir o que é bom, nobre, idôneo ou bonito dentro da sociedade familiar e mortal". 27 Um grupo de vampiros descreveram no jogo, o Sabbat, o arquinimigo do mascarado clã Camarila, que pode seguir os diferentes trajetos do Iluminismo, o qual pode incluir o hedonismo, rituais de sangue, serviço a demônios ou sobrevivência do mais apto.28

Uma organização chamada O Templo, em Lacey, Whasington, publicou a bíblia do vampiro a qual inclui o "Credo vampiro". 29 Parte dos estatutos desse Credo diz: "Eu sou vampiro. Eu adoro meu ego e adoro minha vida; para mim o único Deus é esse. Eu exalto minha mente racional e não me prendo a nenhuma opinião que é um desafio à razão. Eu declaro que não há nenhum céu, como não há nenhum inferno, e vejo a morte como destruidora da vida. Eu sou vampiro. Curve-se diante de mim"30 . A verdadeira vida vampira alegou que esse grupo iria voltar no tempo, "próximo a Gênesis" e que o pecado seria perdoado; o perdão é salvação, consequentemente salvação é o pecado final".31 Isso deveria ser reconhecido entre vampiros.

Não há coerente ou consistente ideologia nessa subcultura. Uma Pode se encontrar vampiros que praticam ou acreditam no agnosticismo, magia, varias crenças ocultas, reencarnação, ou mistura desses.32 A maioria dos vampiros refletem a mesma atitude dos góticos e todos esses tem direito a opinião própria.
Aos cristãos: Uma resposta a góticos e vampiros

Os cristãos devem primeiramente ter um reposta emocional e compassiva. Visto que muitos que estão na cultura gótica e no submundo vampiro estão procurando comunidade e ligação emocional devido ao passado de abuso ou alienação, nossa primeira resposta deve ser cuidado e interesse. Nós devemos manter em mente as palavras de um pesquisador que disse que o traço encontrado naqueles atraídos pelo vampirismo são: insignificância, mal-estar, confusão, sentimento de abandono, solidão, déficit de atenção, falta de amor-próprio saudável, desejo por controle ou poder sobre diferentes circunstâncias de impotência, desanimado, e a necessidade de "ser alguém".34 Isso deveria nos compelir a refletir nas palavras de Cristo em Mateus 9.9-13, especificamente o verso 13: "Ide, porém, e aprendei o que significa: Misericórdia quero, e não sacrifício. Porque eu não vim chamar os justos, mas os pecadores, ao arrependimento."

Por outro lado, nós não deveríamos aceitar que tudo nas subculturas góticas e vampiras estão de algum modo perdido. Um grande número é brilhante, criativo e intelectualmente curioso. Alguns são igualmente defeituosos e também espertos, criativos e curiosos. Tentar dialogar com essas pessoas é uma maneira de entender de onde eles vieram. Eles buscam o autêntico, não o plástico; intimidade, não o grandioso. Eles são sensíveis aos comportamentos sociais artificais e superficiais.

Para rejeitar tais pessoas, para repudiá-los, ou escarnecer da forma como se vestem ou olham, porque se parece um estilo de vida bizarro, é para esquecer de que que eles foram também criados à imagem e semelhança de Deus, como nós fomos. Antes de você dialogar com um gótico ou com alguém em um estilo de vida vampiro, esteja certo de que está interessado por eles como pessoa e os respeita como tal.

Os seriamente envolvidos no vampirismo podem procurar se conservar com algum tipo de imortalidade, seja com a reencarnação ou beber sangue. Muitos vampiros romantizam o sangue e o seu suposto poder, mas somente o poderoso sangue de Cristo é que pode nos redimir da nossa natureza falha: Lucas 22.20; Romanos 3.25, 5.9; Efésios 1.7, 2.3; Colossenses 1.20; Hebreus 9.12-14; 22, 26-28, 10.19, 12.24; 1 Pedro 1.18-19; 1 João 1.7; Apocalipse 5.9. E acreditando na eficácia redentora do sangue de Cristo, graciosamente, vertido na cruz do calvário por nossos pecados nos dá a vida eterna que os vampiros procuram na imortalidade mítica.O submundo vampiro

Há muita história, mito e folclore acerca dos vampiros. Do romance Drácula, de Bram Stoker e do filme mudo de 1922, Nosferato até o filme de 1985 Fright Night, além do romance de 1976 Interview With A Vampire, de Anne Rice. O que muitos não percebem é que hoje há aqueles que se consideram vampiros, e há um genuíno submundo vampiro nos Estados Unidos e Europa. Mas esses vampiros não estão virando morcego. Estes vampiros de hoje são pessoas que não se consideram a si mesmos totalmente humanos, acreditando que nasceram vampiros ou que se tornaram um através de algum tipo de iniciação envolvendo beber sangue e sexo.

A personalidade do vampiro também pode ser tomada como uma forma de expressão pessoal pessoais, ou para indicar sentimentos de um grupo separado da sociedade. O que é verdade é que essa subcultura é totalmente fora da tendência cultural atual e é mais do que rejeição aos valores culturais, mas uma rebelião contra eles. Vampiros preferem, às vezes, que se soletre "vampyro", para distinguí-los dos vampiros estereotipados e da ficção. Muitas vezes se referem a eles como semelhantes. Há aqueles que não gostam do termo vampiro, mas preferem um nome como Anjo da Escuridão.

A subcultura vampira cobre uma série de crenças e práticas. Os envolvidos podem:

a) Restringir seu envolvimento aos jogos de encenação e fantasia. b) Reunir-se com góticos ou clubes similares nos finais de semana. c) Ser atraído e envolvido em práticas eróticas associado com algumas formas de vampirismo. d) Ser arrastado para o ocultismo, o lado escuro do vampirismo. e) Acreditam que ganham poderes especiais através de beber sangue. F) Estar em grupo ou em clã com outros. g) Identificam a si mesmo como vampiros baseados em sues próprios critérios pessoais.

Desde que o movimento é uma (sub) cultura dirigida e sem líder, não há nenhum conjunto consistente de crenças; há uma disputa a respeito do que o vampiro realmente é. O vampiro é reverenciado por várias pessoas como herói romântico, como um rebelde, como um senhor do poder das trevas, como um predador, como um rejeitado, ou como um imortal. Alguns alegam que beber sangue deve ser parte disso, enquanto outros declararam que beber sangue é da área daqueles que querem ser iguais e que o vampiro verdadeiro não se alimenta de sangue porém da energia psíquica de outra pessoa. Outros podem acreditar que ser um vampiro é o máximo em individualidade e daí podem fazer o que querem. Aqueles que estão seriamente envolvidos podem praticar um ou mais dos seguintes rituais: beber sangue, dormir em caixões, evitando a luz do dia; executar rituais ocultos, tomar drogas, usar dente canino afiado e insuar em práticas sexuais incomuns.
Raízes e influências

A cultura gótica (cultura germânica): Muitos consideram que a cultura contemporânea do vampirismo seja um subconjunto da cultura bárbara, um movimento abarcando o romantismo da escuridão e a personalidade rejeitada, porque o vampiro se vê como o banido de uma sociedade sem sentimentos. Muitos góticos, e isso é importante notar, não estão na subcultura vampira. O movimento gótico originou-se da subcultura punk dos anos setentas, principalmente através da música e das declarações contra o que estava sendo percebido como opressivo, materialista e valores superficiais em voga na sociedade de então. Aqueles que se identificam com o movimento, quase exclusivamente vestem roupas pretas, muitas vezes pintam o cabelo de preto, se divertem com literatura "dark" tal como lovecraft (Arte de Amar), Stephen King, Anne Rice e outros; podem usar correntes de prata ou têm vários piercings ( acessórios perfurante de valor estético duvidoso) espalhados pelo corpo; e podem pintar as unhas de preto. (Nota: Há aqueles que se vestem dessa maneira, mas não são góticos ou vampiros). Muitas vezes são pessoas criativas, eles apreciam discussões intelectuais e não podem se identificar com nenhum sistema religioso em particular, muitas vezes se apresentando como agnósticos1. Adolescentes góticos são provavelmente mais envolvidos com o ocultismo, bruxaria ou outras formas de espiritualidade alternativa. Muitos góticos têm a percepção de que não se encaixam na sociedade atual e têm experimentado alguma forma de isolamento social, familiar ou rejeição. Apesar da sua maneira sombria, góticos são pessoas delicadas que apreciam a literatura e a arte. Muitos podem usar seu olhar distante como um teste para ver quem os aceitará do jeito que são. Outros escolhem esse estilo porque julgam ser o mais confortável e sentem que é uma maneira artística de se expressar. A violência não é uma marca dessa cultura.

O submundo do vampirismo reflete muito desses traços da cultura gótica. Aqueles que assumem a personalidade de vampiro, pode não usar preto, mas algumas vezes usam jóias com símbolos ocultos como o ankh, longas capas com capuz e tornam suas faces pálidas com maquiagem branca. Como um movimento social conectado às visões góticas de mundo, a subcultura vampira é acreditada para espelhar a natureza predatória de uma sociedade da qual tecnologia e poder corporativo tem corroído a intimidade e lançado fora aqueles que não se submetem a essa desumanização. Nesse sentido, a desumanização da sociedade é zombada pela figura do vampiro, que a si mesmo não se considera humano.










TENHAM UMA BOA NOITE!!!


quarta-feira, 26 de maio de 2010

O RITUAL DE NOSFERATU



O Ritual de Nosferatu

– Um Trabalho de Auto-Criação.



Este ritual é baseado em certas tradições de Magia Negra da Roménia, que, segundo a lenda, haveriam sido legadas aos seguidores de Vlad Dracul, que as teria recebido do Príncipe das Trevas.



Diz a lenda que Vlad, um Cristão revoltado contra as mentiras da Igreja, escolheu identificar-se com o Diabo. Este ritual se baseia nas conexões entre vampiros e o Príncipe das Trevas.



O “Self” na tradição dos Vampiros.

O conceito de “Self” nas tradições vampirescas é geralmente o de “não-morto”, com suas conotações de imortalidade e Segredo da vida e morte.



Vampiros frequentemente possuem poderes físicos e mentais supra-normais, além de um certo gosto excêntrico.



A imortalidade é frequentemente confundida com a recusa de morrer. O Vampiro/Magista escolhe viver completa e intensamente esta vida, e não permitir que a sua consciência se desintegre após a sua morte física. Esta sobrevivência da consciência não depende de símbolos mágicos, nomes ou participação em diversos rituais. Depende apenas do reconhecimento do próprio “Self” e da vontade de continuar a existir, o que ou onde quer que seja.



O Sangue é muito importante nas tradições de Vampiros. Hoje, é visto como simbólico.

Por exemplo, a Ordem do Vampiro, do Templo de Set, não vê significado no consumo ou no escorrimento de sangue.



O sangue simboliza “Vida”. O Mago Negro vampiro é, portanto, visto como um magista que deseja e pratica a mais alta Vida, enquanto reconhece as energias da Besta interior – as energias primevas da Licantropia e da mutação, que formam outro aspecto da magia dos Vampiros.



O ritual que se segue simboliza um despertar solitário e isolado para um estado Vampiresco, e uma auto-iniciação ao Caminho da Mão-Esquerda.



É um ritual que pode ser adaptado ou alterado conforme as circunstâncias ou a inspiração de cada um. Como em todo ritual mágico, cada um deve assumir seu próprio risco, já sabendo que uma prática como esta não é adequada aos instáveis ou imaturos.




Preparatio



Robe negro.

Vela negra.

Sino.

Cálice com líquido avermelhado.

Um local em que você não seja perturbado. Uma câmara escura, ou pintada ou coberta em preto ou similar (ex: azul muito escuro). Ou uma floresta afastada. A escolha é sua.



Vestimenta: o ideal é o robe negro. A idéia é que você se torne o próprio modelo de vampiro que existe na sua mente. Preste atenção em cada um dos seus sentidos: perfume, vestimenta, música, oferendas.



Dê nove badaladas no sino. Nove, nas tradições de Magia Negra, simboliza a evolução dinâmica até a perfeição.









TEWNHAM UMA BOA NOITE!!

terça-feira, 25 de maio de 2010

Esconjurações contra Vampiros !




Nessa época as ciências médicas não eram suficientemente desenvolvidas e sua prática se misturava a fé religiosa. Além disso, os médicos eram poucos e concentravam-se na sua maioria nas cortes aristocráticas. Por isso os frades andarilhos quando se deparavam com um caso de vampirismo, utilizavam o único meio que conheciam para libertar a vítima da sua enfermidade: A evocação das energias que compõem as forças positivas e criativas da natureza. Comprovadamente esse procedimento afasta aquele que usa a noite para no corpo alheio perpetuar a sua maldita eternidade.
Primeira esconjuração:

"Eu, com a força do Pai, absolvo o corpo que padece de tão estranho mal. Sei que isso é coisa dos parceiros do demônio que sugam na noite o vital fluído da vida. Por isso te esconjuro, em nome de Nosso Senhor Jesus Cristo, eterno na sua glória. Volte as trevas, parceiro de lúcifer, pois nesse corpo só tem morada a verdade divina. Nós com a ajuda do Espírito Santo estamos em corrente para reconduzir essa alma, que hora padece, aos reinos da luz. Invoco com a ajuda divina, a força dos raios solares que inspiram a terra a criar o bom elemento para o nosso caminho. Venha Deus com seus auxilios por amor de misericórdia que tais homens e mulheres causadores destes males que sejam já tocados no coração para que não continuem com essa maldita vida!

Sejam comigo os anjos do Céu, principalmente S. Miguel, S. Gabriel, S. Rafael, e todos os santos e santas e anjos do Senhor, e os Apóstolos do Senhor, S. João Batista, S. Pedro, Santo André, S. Thiago, S. Matias, S. Lucas, S. Felipe, S. Marcos, S. Simão, S. Anastácio, Santo Agostinho e por todas as ordens dos santos Evangelistas, João, Lucas, Marcos, Mateus, e por obra e graça do Divino Espírito. Pelas setenta e duas línguas que estão repartidas pelo mundo e por esta absolvição e pela voz que deu quando chamou Lázaro do Sepulcro, por todas essas virtudes seja tornando tudo ao seu próprio ser que dantes tinha ou à sua própria saúde que gozava antes de ser arrebatado pelos demônios, pois eu, em nome do Todo Poderoso, mando que tudo cesse do seu desconcerto natural. Pelo nome de Deus Nosso Senhor Jesus Cristo e todas as coisas aqui nomeadas sejam desligadas a volúpia sanguinária dos companheiros do demônio, seja tudo destruído: que o mando eu da parte do Onipotente, para que já, sem apelação sejam desligados e se desligem todos os maus feitiços e ligamentos e toda má ventura por Cristo Senhor Nosso. Amém."

Segunda esconjuração:


"Esconjuro-vos, criaturas excomungadas, ou maus espíritos batizados se com laços maus, atentas o caminho desse espírito. Se tua força está em édolo celeste ou terrestre, seja tudo destruído da parte de Deus, pois todo o infernorium ou toda a linguagem eu confio em Jesus Cristo, nome deleitável! Assim com Jesus Cristo aparta e expulsa da terra o demônio e todas as suas influências assim por estes nomes de N. S. Jesus Cristo fujam todos os demônios, vampiros e todos os espíritos malignos em companhia de Satanás e de seus companheiros para as suas moradas, que são nos infernos e onde estarão perpetuamente se danando. Tudo que fizeste contra essa enferma criatura fica anulado, esconjurado, quebrado, e ajurado debaixo do poder da Santíssima Trindade e do Santíssimo Sacramento do Altar. Amém.

Com toda a santidade eu vos esconjuro e degredo de volta ao mundo dos mortos, vampiros malditos, espíritos malignos, rebeldes ao meu e vosso criador. Pois eu, vos ligo e torno a ligar e prendo e amarro às ondas do mar, e que vos levem para as areias do mar coalhado, onde não canta galinha nem galo, ou para o vosso destino, ou lugares que Deus Nosso Senhor Jesus Cristo, vós e seus companheiros infernais que bebem na noite a vida dos Filhos. Suas carcaças vão virar pó, e sua eternidade ficará reduzida às fronteiras dos infernos, onde reina o anjo traidor. Afastai, besta infecta e deixai que o sangue desse corpo pertencente ao Senhor purifique-se para que o espírito encontre a Glória de Jesus Cristo. Amém.”

Depois de proferida a esconjuração o sacerdote deve manter a seguinte conversação com a pessoa vitimada: "Queres que por ti?" O enfermo responde-lhe: "Sim quero". Em seguida deve se colocar de joelhos e gritar diante de um crucifixo: "Eu não sou Satanás, mas sim uma alma perdida; porém ainda tenho salvação!"


Terceira esconjuração:

"Eis a cruz do Senhor, fugi, fugi, ausentai-vos inimigos da natureza humana. Eu vos conjuro em nome de Jesus, Maria, José, Jesus de Nazaré Rei dos Judeus. Eis aqui a cruz de Nosso Senhor Jesus Cristo. Fugi, partes inimigos, venceu o leão da Tribo de Judá e a raça de David. Aleluia, Aleluia, Aleluia, exaltado seja o Senhor, que com sua força e sua espada libertadora nos livre das ordas infernais que bebem nosso sangue para preservarem a eternidade dos demônios. Transformai essas bestas em pó para que na graça do Senhor possamos viver na sua Santa Paz. Te esconjuro negra criatura para que voltes a tua tumba e nela permaneça até os dias do Juízo Final. Deus dará a vida eterna somente aos justos, e os comparsas do demônio arderão eternamente. Por isso temam a cruz, e a força que representa para os Filhos do Senhor. Que a terra de onde vieram tão vis criaturas seja amaldiçoada e encerrada pela verdade divina. Dou fim a esta Santa Oração e darão fim às moléstias nesta casa pela bichação dos espíritos malígnos. Amém.”

Quarta Esconjuração

“Te esconjuro negra criatura para que voltes a tua tumba e nela permaneça até os dias do Juízo final. Deus dará a vida eterna somente aos justos, e os comparsas do demônio arderão eternamente. Por isso temam a cruz, e a força que representa para os Filhos do Senhor. Que a terra de onde vieram tão vis criaturas seja amaldiçoada e encerrada pela vontade divina.”

OBS. Esta esconjuração deve ser feita numa Sexta feira, à meia noite, com um crucifixo de prata apontado para a lua.

Exorcismo Latino

"Spiritus Dei ferebatur super aquas, et inspiravit in facien hominis spiraculus vitae. Sit Michael dux meus, et Sabtabiel servus meus in luce et per lucem. Fait verbum halitus meus; et imperabo spiritus aeris hujus, et refrenabo equos solis voluntate cordis meis, et cogitatione mentis mede et mutu oculi dextri. Exorciso igitur te, creatura aeris, per Pentagrammaton et in nomine Tetragrammaton, in quibus sunt voluntas firma et fides recta. Amen. Selah. Fiat."

Exorcismo contra vampiros

Este foi encontrado em livro muito antigo, escrito por Frei Bento do Rosário, religioso descalço da Ordem de Santo Agostinho.

"Em nome do Padre, do Filho e do Espírito Santo. Em nome de S. Bartolomeu, de Santo Agostinho, de S. Caetano, de S. André Avelino, eu te arrenego, anjo mau, que pretendes introduzir-te em mim e perverter-me. Pelo poder da cruz de Cristo, pelo poder de suas divinas chagas, eu te esconjuro maldito, para que não possas tentar a minha alma sossegada. Amém."

(Deve ser rezada três vezes acompanhada do sinal da cruz sobre o peito.)

A oração que se segue tem importância para algumas combinações cabalísticas capaz de libertar um enfermo atacado pelo vampirismo e também de outras peripécias dos parceiros do canhoto.

"Imortal, eterno, inefável e santo Pai de todas as coisas, que de carro rodante caminhas sem cessar por esses mundos que giram sempre na imensidade do espaço dominador dos vastos e imensos campos do éter; onde ergueste o teu poderoso trono, que desprende luz e luz, e de cima do qual teus tremendos olhos descobrem tudo e teus largos ouvidos tudo ouvem! Protege os filhos que amaste desde o nascimento dos séculos porque longa e eterna é a sua duração. Tua majestade resplandece acima do mundo e do céu das estrelas! Tu te elevas a ti mesmo pelo próprio resplendor, saindo da tua essência correntes inesgotáveis de luz, que alimentam teu espírito infinito! Este espírito infinito produz todas as coisas e constitui esse tesouro imorredouro de matéria que não pode faltar à geração que ela rodeia sempre pelas mil formas de que se acha cercado, e com a qual se revestiste e encheste deste o começo. Deste espírito tiram também sua origem esses santíssimos reis que se acham de pé ao redor do seu trono e que compõe sua corte, ó Pai universal! Ó único Pai dos bem aventurados mortais e imortais! Tu tens, em particular poderes que são maravilhosamente iguais ao teu eterno pensamento aos anjos, que anunciam ao mundo tuas vontades. Finalmente tu criastes mais uma terceira ordem de elementos. A nossa prática de todos os dias é saudar-Te e adorar tuas vontades. Ardemos em desejo de possuir-Te! Ó Pai! Mãe! Terna Mãe, a mais terna Mãe, a mais terna de todas as mães! Ó filho, o mais carinhoso dos filhos. Ó formas de todas as formas! Alma, espírito, harmonia, nomes e números de todas as coisas, conserva-nos e se nos propício. Amém."

Para Livrar uma casa das tentações dos vampiros:

"Eu vos conjuro, vampiro rebelde, habitante e arruinador desta casa, para que sem demora nem pretexto algum desapareçais daqui, dissolvendo todo malefício que vós ou vossos ajudantes tenhais feito; por mim, eu o dissolvo, contando com a ajuda de Deus e dos espíritos de Luz, Adonay e Jehovah. Eu vos ligo ao formal preceito de obediência a fim de que não possais permanecer nem voltar nem enviar outros para perturbar esta casa, sob pena de serdes queimado eternamente com fogo de pez e incenso derretido".

Em seguida, benze-se a casa com água benta fazendo cruzes em direção à paredes com uma faca de ponta, nova e de cabo branco, dizendo:

"Eu te exorciso, casa, para que sejas livre dos vampiros tentadores que aqui vierem morar". Amém.


Oração aos Quatro para afastar vampiros de sangue

"Caput mortuum imperet tibi Dominus per Adam lotchavah! Aquila errans, imperet tibi Dominus tetragrammaton per Angelum et leonem!

"Michael, Gabriel, Raphael, Anael!

"Pluat udor per spiritu Elohimm. Maneat Terra per Adam, Jatchivah. Fiat Jadictum per ignem in virtude Michael".

Vampiro dos olhos mortos, obedece ou somente com esta água santa!

Touro alado, trabalha ou volta à terra, se não queres que te aguilhoe com esta espada!

Águia acorrentada, obedece a este signo ou retira-te diante deste sopro!

Serpente móvel, arrasta-te a meus pés ao sê atormentada pelo fogo sagrado e evapora-te com os perfumes que queimo nele!

Que a água volte à água, que o fogo queime; que o ar circule; que a terra caia na terra pela virtude do pentagrama escrito no centro da cruz luminosa!... Amém.”

Ladainha Latina contra vampiros


Kyrie eleison.

Christie eleison.

Sancta Maria. Ora pro nobis.

Sancta Dei Genitrix. Ora pro nobis.

Sancta Virgo Virginum. Ora pro nobis.

Sancte Michael. Ora pro nobis.

Sancte Gabriel. Ora pro nobis.

Sancte Raphael. Ora pro nobis.

Omnes Sancti Angeli e Archangeli. Ora pro nobis.

Omnes Sancti Beatorum Spiritum Ordinis. Ora pro nobis.

Sancte Petre. Ora pro nobis.

Sancte Paule. Ora pro nobis.

Sancte Jacob. Ora pro nobis.

Sancte Joannes. Ora pro nobis.

Sancte Thomas. Ora pro nobis.

Sancte Philippe. Ora pro nobis.

Sancte Bartholomae. Ora pro nobis.

Sancte Simon. Ora pro nobis.

Sancte Thadeu. Ora pro nobis.

Sancte Mathie. Ora pro nobis.

Sancte Barnabé. Ora pro nobis.

Sancte Marce. Ora pro nobis.

Omnes Sancti Apostoli et Evangeliste. Ora pro nobis.

Omnes Sancti Discipulo Domini. Ora pro nobis.

Sancte Vicente. Ora pro nobis.

Sancte Laurente. Ora pro nobis.

Sancte Estephene. Ora pro nobis.

Sancte Fabiane e Sebastiane. Ora pro nobis.

Sancte Gervase et Protase. Ora pro nobis.

Omnes Sancti Martyres. Ora pro nobis.

Sancte Silvestre. Ora pro nobis.

Sancte Gregore. Ora pro nobis.

Sancte Ambrose. Ora pro nobis.

Sancte Agostino. Ora pro nobis.

Sancte Hieronyme. Ora pro nobis.

Sancte Nicolae. Ora pro nobis.

Sancte Martine. Ora pro nobis.

Sancte Bernarde. Ora pro nobis.

Omnes Sancti Pontifices et Confessores. Ora pro nobis.

Omnes Sancti Doctores. Ora pro nobis.

Sancte Benedicte. Ora pro nobis.

Omnes Sancti Monarchi et Eremitae. Ora pro nobis.

Omnes Sancti Sacerdotes et Levitae. Ora pro nobis.

Sancta Maria Madalena. Ora pro nobis.

Sancta Agatha. Ora pro nobis.

Sancta Lucia. Ora pro nobis.

Sancta Cecile. Ora pro nobis.

Sancta Catharina. Ora pro nobis.

Sancta Anastacia. Ora pro nobis.

Omnes Sancti Virgines et Vinduce. Ora pro nobis.

Omnes Sancti et Sancte Dei, Interdicedite. Ora pro nobis.

Proptius esto. Parce, Domine.

Ad omni pecat. Libera-nos.

__________________________

Oração para a Meia Noite

“Ó Anjo da minha guarda,

Nesta hora de terror,

Me livre das más visões.

Do vampiro aterrador.

Deus me ponha a alma em guarda.

Dos perigos da tentação,

De mim aparte os maus sonhos.

E opressões do coração.

Ó anjo da minha guarda,

Que me preserve dos vampiros,

Por mim pede à Virgem Mãe,

Enquanto for vivo: Amém.”



portalicons654
Para se Livrar dos Vampiros que nos Atormentam durante o sono

À meia-noite em ponto duma Terça-feira, parai diante duma igreja, daí três pancadas com os nós dos dedos à porta principal, e dizei em voz clara, porém não muito alta:

"Almas do Purgatório! Em nome de Deus e da Santíssima Trindade, vinde comigo!"

Daí três voltas em torna da igreja, mas tomai cuidado em não olhares para trás. Dadas as três voltas, rezai um padre-nosso e uma ave-maria diante da porta principal e retirai-vos.

Fazei isto nove treças-feira seguidas, e na última as almas perguntarão:

"Que desejai que vos façamos?"

Pedireis então que os vampiros e os morcegos que te atormentam à noite desapareçam. Não deveis mostrar medo em nenhum momento da cerimônia, e também não deveis olhar para trás, como fica recomendado acima.

portalicons654
Para livrar alguém da perseguições dos Vampiros

Os que se crêem perseguidos por vampiros devem pintar numa tela esses vampiros, ou desenha-los num papel. Uma vez pintados ou desenhados, os vampiros ficam presos, e deixam de importunar os seres humanos. Quem tiver habilidade para pintar ou desenhar deve aproveitar essa habilidade para livrar-se dos vampiros que sugam o nosso sangue durante à noite.

portalicons654
Para que os Vampiros não nos incomodem

Se sois perseguidos pelos vampiros, deveis limpar a cabeça de todo mau pensamento. Não penseis mal de ninguém; não faleis mal de ninguém, nem mesmo de vossos inimigos. Quando vos lembrardes de um morto, rezai três ave-marias. Não mostreis inquietação, porque bem pode ser que os vampiros não sejam realmente maus, ou então que desejam, e se não disserem, mandai-os com bons modos que vão para o lugar donde vieram. Eles irão, porque nada podem fazer com os vivos, exceto se estes se deixarem dominar por eles. Rezai um padre-nosso e uma ave-maria e atirai um pouco de incenso ao braseiro segurando na mão esquerda uma cruz de prata.

Outro processo consiste no seguinte: nos dias ímpares, rezai três ave-marias, e enquanto estiverdes rezando cravai um punhal de prata na cabeça de um alho.

Tirado de “Manual Prático do Vampirismo” de Nelson Liano Jr.















TENHAM UMA BOA NOITE!!!

segunda-feira, 24 de maio de 2010

POEMAS VAMPÍRICOS!!


><><><><><
Ah lábios que beijei....
morbido perfume que até hoje sufoca minha mente...
com meus lábios em teu pescoço te tentei....
Sua frigidez
Jamais esquecerei....

Ah meu belo conde...
Me encravaste tuas presas...
me deixaste louca de obscuros desejos...
me tentaste até me agonizar
com teu veneno mortal....


Agonizei com a magia...
da morbida paixão que me despertaste....
E teu veneno me matou...
E renasci pra imortalidade...
Ainda sonho com teus doces lábios...
Jamais os terei novamente...
somente cobaia para ti eu fui...
e tua serva por longo tempo fiquei.....


Hoje sou uma Deusa solitária...
desperto paixões profanas e platonicas...
vivo na imaginação e nos sonhos de pobres mortais...
que sonham me consumar em amor ardente....
Continuo solitária....
Pois meu papel é tornar negro corações...
E dormir a cada dia em meu leito...
Sem meu conde eterno...

Não faço isso porque quero...
e sim porque meu instinto é incontrolável..



><><><><>< width="480" height="385">







TENHAM UMA BOA NOITE!!!


domingo, 23 de maio de 2010

POEMAS VAMPÍRICOS!!



ABAIXO NAS SOMBRAS.

Abaixo, nas sombras,
algo troca,
Corda de rosas
Presentes quebrados.
Eu entendi sua dor
Como um sonho trançado,
Eu entendi seu nome
Como um grito calculado
Mas alguém disse,
"Não esteja tão seguro -
Porque o Homem Vampiro
Está a sua porta".
Abaixo da Montanha,
Saltando do navio
Ele é um pouco mais
Que um deslize Freudiano.
Corda de rosas,
Trocas de visão
Tempo para entrar e
Reivindicar esses presentes.

Clare Emmett
Tradução: Léa Santana





LINDA NOITE!
ÓTIMA SEMANA!!

sábado, 22 de maio de 2010

O CREDO DO VAMPIRO!!


"Do Original em, inglês da Temple of the Vampire Traduzido por Frater Oz"


O Credo do Vampiro

"Eu sou um Vampiro.
Eu adoro o meu ego e eu adoro minha vida, pois sou o único Deus que existe.
Eu tenho orgulho de ser um animal predador e eu honro meus instintos animais.
Eu exalto minha mente racional e não acredito que isso seja um desafio da razão.
Eu reconheço a diferença entre o mundo real e a fantasia.
Eu reconheço a fato de que a sobrevivência é a lei mais forte.
Eu reconheço que os Poderes da Escuridão escondem leis naturais através das quais eu posso fazer minha magia.
Eu sei que minhas crenças no ritual são uma fantasia, mas a magia é real e eu respeito e reconheço os resultados da minha magia.
Eu percebo que não há céu como não há inferno e vejo a morte como destruidora da vida.
Portanto eu tirarei o máximo proveito da vida aqui e agora.
Eu sou um Vampiro.
Curve-se diante de mim...."


object width="500" height="405">


TENHAM UMA BOA NOITE!!!

sexta-feira, 21 de maio de 2010










ÓTIMA SEXTA!
BOM FINAL DE SEMANA!!

quinta-feira, 20 de maio de 2010

POESIAS GÔTICAS!








TENHAM UMA BOA NOITE!!!

quarta-feira, 19 de maio de 2010

POESIAS GOTICAS!


† POESIA GÓTICA †
Vampiro
Tu, que como uma punhalada
Entraste no meu coração triste
Tu, que forte como uma manada
De demônios louca surgiste
Para no espírito humilhado
Encontrar o leito e o ascendente
-Infame a que estou atado
Tal como o forçado à corrente
Como ao baralho o jogador
Como à garrafa o borrachão
Como os vermes à podridão
-Maldita sejas como uma ROSA
Implorei ao punhal veloz
Que concedesse a alforria
Disse após veneno atroz
Que me amparasse a covardia
Ah! Pobre! O veneno e o punhal
Disseram-me de ar zombeteiro
“Ninguém te livrará afinal
De teu maldito cativeiro
Ah! Imbecil – de teu retiro
Se te livrássemos um dia,
Teu beijo ressuscitaria
O cadáver de teu Vampiro
(???)






SAUDAÇÕES!

TENHAM UMA LINDA NOITE!!

terça-feira, 18 de maio de 2010

DE UM VAMPIRO


Acorda a noite
Em luxuosos mantos de cetim
Eu levanto-me
E respito o ar de mortos.
Procuro o sangue dos vivos
Sangue dos futuros mortos
Procuros gritos de horror
A faces a desmair de dor,
Voo no veludo da solidão
Por bosques e pantanos
Mergulho na morte sem perdão
E choro pela vida que não me resta.
Eternamente a coruja me acorda
O morcego meu fiel companheiro
Deste caixão de almas mortas
Onde sem querer me tornei rainha.

O sussurros fitam a minha mente
A loucura de ser espectro.
As flores podres a meus pés
A Lua que brilha beijando-me a mão,
Não temendo o meu ser
Aceitando a minha sina.
As lagrimas não escorrem
Apenas sorrisos impediosos
Se escondem no meu veu de seda.

Para sempre o acordar, nas noites solitárias, em que a Lua me inventa uma nova historia.


Ler mais: http://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=5255#ixzz0oI3mKpCg
Under Creative Commons License: Attribution Non-Commercial No Derivatives
name="allowFullScreen" value="true">




TENHAM UMA BOA NOITE!!!!

segunda-feira, 17 de maio de 2010

POEMA VAMPIRICO!!


um brinde largo à poesia sangue-suga,
que arrebata do fundo das veias
a inspiração fluída que se esconde
no recôncavo do universo interno.

suga à superficie da alma
a dor sublime dos deuses
de criar com a palavra simples
mundos e novos mundos
de palavras vagas, puramente.

escorre lento o sangue de letras
da artéria pulsante do poeta.
gritando baixo e sincero
a verdade bruta e incerta:
poeta bom é poeta morto.

morto e seco sobre o papel
que aflora teu sangue escuro
na planície branca e funda da folha,
alagada de sangue puro e podre
do poeta incerto e torto.
------------------------

afinal...
de que vale um poeta?
uma pétala de Iroshima.







SAUDAÇÕES!!
TENHAM UMA NOITE DELICIOSA!!

domingo, 16 de maio de 2010

UM AMOR DE VAMPIRO!!


“Eu não me impressionaria ao ver uma lua brilhante no céu da sempre tão nublada Forks esta noite. Parecia correto ela sair do esconderijo por trás das pesadas nuvens e iluminar a garota que dormia no pequeno quarto da casa para qual não me cansava de olhar. Era assim que me sentia neste momento, com uma lua poderosa e incandescente no peito. Estava agachado sob um galho de árvore, olhando a janela do quarto da garota. A noite estava fria, provavelmente Bella Swan não deveria deixá-la aberta deste jeito. Além do mais, poderiam entrar ladrões. Ou vampiros possessivos e loucos como eu. Abri um pequeno sorriso da minha piada particular. Não durou muito. A verdadeira piada era minha vida. Ou, bem, minha morte. Eu sabia que minha decisão teria que ser tomada mais cedo ou mais tarde – e realmente faria de tudo para que fosse mais tarde. Arriscar a vida da garota para satisfazer minha estúpida necessidade de estar ao lado dela, ou mantê-la segura e nunca mais vê-la. Sua segurança e meu coração perpetuamente partido versus minha alegria alimentando a possessividade com a faca sob seu pescoço. Ou dentes. Meus dentes – e sua vida terminada. Não conseguia suportar nenhuma das opções. Não havia nenhum meio termo, nenhum caminho possível. Mas não podia ignorar a sensação que se estendia por todo o meu corpo, anuviava a minha visão, transtornava meu cérebro, apertava a pedra viva em meu peito. Coloquei a mão sob o coração. Silêncio. Nenhum resquício de vida, nenhuma batida, nenhuma humanidade. E este mesmo coração, morto e silencioso, insistia em doer por ela. Prestei atenção à sua respiração calma no quarto. A garota dormia tranquila. Sua vida pacata e segura, nenhum mostro à espreita a não ser o vampiro possessivo ao lado de fora, que precisava vir todas as noites somente para ouvir a respiração dela. Fechei os olhos e ouvi as batidas de seu coração. De algum modo, a pedra em meu peito ficara mais quente. As batidas saudáveis de seu coração compensavam o silêncio do meu. Sua vida compensava a minha morte. Descobri que já não me importava em estar morto, pois a vida dela me alimentava de um jeito que nem mesmo a minha própria poderia. Neste momento, eu sabia que a amava, já não podia tentar enganar a mim mesmo. Cada batida do coração da garota impulsionava o meu errado e indigno amor; sangue pelas veias dela, amor pelas minhas. Pulsa, pulsa, pulsa. Apesar de não precisar, eu respirava no ritmo dela. Abri os olhos e pulei para a árvore mais próxima de seu quarto. Sem dificuldade, fechei a janela para que ela não sentisse frio. Não pude evitar olhá-la dormir calmamente em sua pequena cama, porém não pude ver seu rosto, somente um grande leque de cabelo cor de mogno espalhado pelo travesseiro. Me obriguei a sair dali quando o pensamento de entrar e me sentar na cadeira de balanço para observá-la a noite toda passou pela minha cabeça. Não, Edward. Mantenha suas necessidades para ti mesmo. Iria ir direto para o piano assim que retornasse para casa, a canção inspirada na garota ia se formando claramente em minha cabeça, as notas tão distintas como seu cabelo mogno, a melodia seguia o ritmo de sua formosa respiração. Parei um segundo, chocado com o calor estranho no meu peito. Carlisle sempre tentou me convencer de que nossa alma estava intacta, que seríamos perdoados por matar as criaturas tão amadas feitas com cuidado pelo Ser Superior. Por noventa anos meu pai tinha a mais pura convicção de que Deus não me negaria, algum dia, estar em sua morada, por tirar a vida dos seres humanos, aqueles que Ele chama de filhos. Nunca acreditei que o Pai perdoaria uma criatura cujo único objetivo era tomar a vida de seus filhos. Poderia até aceitar Carlisle, cuja boca nunca provou sangue humano, mas não a mim, com dez anos de assassinatos pesando a alma. Mas meu pai sempre acreditou em um milagre, e neste momento, eu passei a crer também. O milagre estava acontecendo diante de meus olhos, inundando todo o meu corpo e aquecendo o peso morto em meu peito. E finalmente descobri que o milagre era eu.“

Edward Cullen

Lindo, né?! Quando eu li, pensei que era alguma parte do livro inacabado Midnight Sun, de Stephenie Meyer, que conta a história de amor de Crepúsculo pela mente de Edward, mas estava equivocada. Pesquisei bastante, até mesmo nos livros de Steph, até descobrir que o texto é de autoria de Karine Vidal. E vocês, o que acharam? Comentem! ;) ♥






TENHAM UMA BOA NOITE!!

sexta-feira, 14 de maio de 2010

HOROSCOPO DOS VAMPIROS!!


Vladarian

21 de março - 20 de abril





Simboliza o começo dos Vampiros o nascimento a luta pela nova vida vampírica. Este vampiro é um guerreiro experiente e muitas vezes colérico, reage a todas as batalhas com o peito erguido, mesmo sabendo que as vezes pode perder. Um signo que não desiste enquanto não conquistar tudo. Quando este vampiro procura a sua amada, não há barreiras para impedi-lo de conquistá-la. Ama sempre como se fosse pela primeira vez. É loucamente apaixonado pela independência, mas dentro de certos limites, especialmente no que se refere a segurança afetiva. É possessivo e ciumento por amar todas as suas conquistas. É impulsivo e instintivo.







Personagens vampiros deste signo.

Lestat
Do Filme - A Rainha dos Condenados
Entrevista com o vampiro

Drácula
Do Filme – Van Helsing


Vamptau

21 de abril - 20 de maio





Este vampiro é geralmente muito ligado a sua terra e ao seu lar. Leva as suas vitimas para sua casa e as convence a morar com ele. Seu objetivo é ter o seu espaço. É obstinado. Faz de tudo para conquistar os seus sonhos e vive a sua vida lutando para alcançar as suas necessidades. Este vampiro costuma sempre ficar aos redores do seu castelo, planejando e elaborando planos de conquistas. No amor ele é muito paciente. Vai cultivando aos poucos e sabe escolher muito bem os seus amores. Não tem uma vida de romances muitos agitados. Prefere alguém fixo e fiel. Admira todos os vampiros que se sintam bem no seu espaço.







Personagens vampiros deste signo.

A Vampira Katrina
Do Filme – Vamp – A Noite dos Vampiros
Regine Dandridge
Do Filme - A Hora do Espanto II

David
Do Filme Os Garotos Perdidos
Dragen

21 de maio - 20 de junho





O vampiro deste signo é um curioso. A sua inteligência distingue perfeitamente quem é seu amigo e quem pode prejudica-lo. Quando ele percebe a aproximação de um inimigo ele se afasta rapidamente. Este Vampiro não suporta o Tédio e procura sempre coisas inovadoras para se entreter. É um apaixonado por cultura e um gosto apurado em sua nobresa. Usa muito bem o meio de comunicação. Este vampiro conquista pelas palavras. Não há quem resista aos seus longos versos, prosas e seu jeito inocente.













Personagens vampiros deste signo.

A Vampira Mina

Do Filme – A Liga Extraordinária

Armand
Do Filme – Entrevista com o Vampiro

Nosfercan

21 de junho - 22 de julho





O signo do Pai dos vampiros. Sempre procurando lugar para proteger e continuar a espécie.

Tem muita responsabilidade e usa muita disciplina para manter a família unida proporcionando sempre mais segurança para os vampiros.

É tímido e sonhador. Este vampiro se esconde nas sombras pois é muito quieto. ama em silêncio e é muito cuidadoso.







Personagens vampiros deste signo.

Louie
Do Filme – Entrevista com o Vampiro

A vampira Marie

Do Filme - Inocente Mordida

A Vampira Carmilla
Do Filme – Carmilla A Vampira de Karnstein




Dracleon

23 de julho - 22 de agosto





Força e desafio fazem deste signo um dos mais fortes dos vampiros. Ele simboliza a força e usa seu poder para governar e ser idolatrado por seus amigos e odiado por muitos vampiros e caçadores. Como amigo, este vampiro pode dar a melhor refeição e o melhor quarto porém, nunca esqueça de elogiar e beijar a sua mão pelos seus feitos.

No amor, sua honra faz com que seja fiel e trata sua amada com muito heroísmo. Ele é ardente e apaixonado.





Personagens vampiros deste signo.

Drácula

Do Filme - Drácula Bram Stoker do Diretor
Francis Ford Coppola

Akasha
Do Filme – A Rainha dos Condenados


Vladvirg

23 de agosto - 22 de setembro





O vampiro que vive em comunidade. Prático e organizado. Vive bem perto de muitos vampiros. É um ótimo observador e muito critico. É muito perfeccionista e vive em constantes pesquisas por isso, é um vampiro muito instável por estar sempre atento, fica como se fosse uma bomba prestes a explodir. Ele procura vampiros que precisam da sua ajuda pois adora ser útil.







Personagens vampiros deste signo.

A Vampira Selena

Do Filme Underworld - Anjos da Noite
Nick Night
Do Seriado – Maldição Eterna





Draclib

23 de setembro - 22 de outubro





Esta vampira gosta de manter um contato armonioso, por ser um signo mental suas características funcionam muito bem na sociedade. Ela sabe exatamente fazer uma boa festa e organizar reuniões pois conhece todos os tipos de vampiros e sabe exatamente o que eles precisam. Seu supremo interesse nas artes. Agrada a todos e se uma vampira como ela convidar um vampiro para uma festa, certamente ele aceitara pois ela tem muito bom gosto.

Este signo se equilibra perfeita-mente com qualquer ser. Seja ele humano, seja ele um vampiro ou vampira. Ela não tem preconceitos e aprecia todas as formas. Gosta muito de inovar e aprender com as amizades que faz. Ela movimenta a vida dos vampiros e está por dentro de toda a sociedade e seu conhecimento é invejável. Mas ela odeia ser julgada pelos seus atos ou pelo que ela é. Ela é uma vampira que se adapta a qualquer ligar e é um ser complementar para qualquer vampiro. Adora música. Conhece muito bem, as leis e é uma admirável diplomata. Seu porto forte é a cultura em geral. Odeia o tédio. Evita paixões desenfreadas por ser muito cuidadosa, mas ela protege todos que ama.







Personagem vampiro deste signo.

Condessa Elizabeth Bathory

Do Filme – Eterno
A Vampira Miriam
Do Filme "Fome de Viver"


Vladscor

23 de outubro - 21 de novembro





É o vampiro mais sensual de todos.

Ele não aprecia apenas as aparên-cias de um individuo, mas o seu todo. Por isso este vampiro direciona toda a sua atenção para o seu parceiro. Ele é muito fiel e gosta de agir em conjunto. Por causa dessa exagerada atenção, este vampiro não tolera a traição. Ele quer continuar a sua espécie e ter o seu próprio lugar. É um administrador nato e sempre sabe a resposta para todos os problemas. Age e confia na sua intuição animal. Sua relação com o sexo e a morte são aproximadas. Gosta de aproveitar completamente esta relação até o seu cume, pois é ai que se alcança a sua plena transformação. Este vampiro é um pesquisador e um historiador nato. Seus conhecimentos místicos se igualam ao de Rasputin. Usa a sua sabedoria e a psicologia de forma esplendida. O conhecimento é tudo para este signo pois é nele que encontra a plenitude. O sexo é para ele uma religião. O corpo e a alma são seu templo sagrado para conquistar o melhor prazer. Por se dedicar tanto a causa sexual, este vampiro geralmente é nocauteado por isso. Mas ele levanta e segue para a luta cada vez mais forte.







Personagem vampiro deste signo.

Drácula

Do Filme – Drácula - O Vampiro da Noite - com Christopher Lee.

O Vampiro Jerry Dandridge
Do Filme - A Hora do Espanto
O Vampiro Stephen
Do Filme – Noites Macabras


Norfersage

22 de novembro - 21 de dezembro





A energia espiritualista deste vampiro é tão forte que as vezes pode se esquecer das necessidades do seu próprio corpo. Amante da natureza e da liberdade. Ele teme relacionamentos que o prendam. Seu parceiro deve dar segurança para que ele se sinta livre.

Ele é otimista e adora conhecer novas amizades e andar em grupos. Ele é um conhecedor e adora desafios. Ele prefere queimar toda a sua energia no que gosta mesmo que seja apenas para não deixá-lo parado. As vezes o realismo do mundo trás a melancolia para o seu ser. É um vampiro batalhador e defende os seus amigos com muita garra. Este vampiro não aprecia injustiças e, por vezes, se torna um revolucionário. No amor este vampiro odeia a rotina. Não gosta de se prender e nem de ser preso. É um vampiro do estilo caixeiro viajante. Gosta de filosofar e sonhar com paixões desenfreadas.















Personagem vampiro deste signo.

A Vampira Star
Do Filme – Os Garotos Perdidos

Blade
Do Flime – Blade o Caçador de Vampiros





Vladcap

22 de dezembro - 20 de janeiro





Este vampiro é o senhor dos grandes projetos. É devotado aos Vampiros. e o seu mundo interior. É dedicado e social, principalmente quando almeja realizar projetos futuros. Direciona o seu potencial a serviço dos vampiros. Fazendo sempre, muitas amizades.

Não é um vampiro cheio de emoções. Ele é metódico e isso o torna um pouco frio e distante. Consegue resistir facilmente as frustrações e se submete aos mais distintos lugares para realizar os seus projetos. Isso o faz um grande realizador de projetos.

Este vampiro é observador e é muito difícil de se aproximar por não é muito favorável a bajulação. Ele é fiel, sério e confiável. Normalmente estes vampiros trabalham na política.

É um historiador e acadêmico pois adora estudar sozinho. Como este vampiro tem boa formaçao ele prefere relações que ficam em um ambiente confiável.





Personagens vampiros deste signo.

Drácula – Bela Lugosi
Do Filme – Drácula 1931

O Vampiro Julian
Do Seriado – Irmãos de Sangue

Marius
Do Filme - A Rainha dos Condenados




Nosferaqua

21 de janeiro a 19 de fevereiro





Audacioso, procura chegar o mais rápido ao sucesso e suas conquistas. Ama a transformação e a mudança. Este vampiro está dotado de forte espírito. É um rebelde por natureza Luta sempre com as tradições existentes e vive de olhos abertos para o futuro. Como tem um grande senso de oportunidade, muitas vezes pode dar a impressão de ser interesseiro e desleal.

Este Vampiro escolhe ocupações relacionadas a política e a ciência. Completamente Independente ele Utiliza a sua força para conquistar os seus ideais. Costuma ser caprichoso e organizado. Aprecia ambientes com grandes espaços abertos, como o alto da montanha. Quanto mais perto do céu melhor. Adora Carros velozes.

















Personagens vampiros deste signo. Ultraviolet
Do Filme – Ultraviolet

Michael
Do Filme – Os Garotos Perdidos




Vampsi

20 de fevereiro a 20 de março





Este vampiro é sem dúvida um sonhador e indeciso. Ele é basicamente um receptivo. Muito emotivo, tende a manter uma posição passiva diante da vida, mesmo sabendo o que se passa ao seu lado. Como não sabe enfrentar os momentos de dificuldade, tende a procurar soluções no misticismo ou rituais que produz. Você pode encontrar esses vampiros nos grandes estúdios de cinema. Geralmente eles são atores profissionais pois sabem interpretar muito bem. A realidade é demasiado violenta para este Vampiro, que se sente melhor em seu mundo de sonhos do que na luta cotidiana da vida real. É muito compreensivo para com seus amigos vampiros e tem uma enorme compaixão por suas amizades. Este vampiro adora morar perto da praia e de grandes lagos e rios. Ele simboliza o mistério, a eternidade e o infinito.







Personagens vampiros deste signo.

O Vampiro Angel

Do Seriado Angel
Nosferatu

Do Filme – Nosferatu de 1922





TENHAM UMA LINDA NOITE!

UM ÓTIMO FINAL DE SEMANA!!

quinta-feira, 13 de maio de 2010